Arquivos Editora Quadrinhos na Cia | Minha Vida Literária
Minha Vida Literária
22

out
2019

[Resenha] Minha coisa favorita é monstro — Emil Ferris

Título: Minha coisa favorita é monstro
Título original: My favorite thing is monsters
Autor: Emil Ferris
Tradução: Érico Assis
Editora: Quadrinhos na Cia
Número de Páginas: 416
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

A história de um assassinato misterioso, um drama familiar, um épico histórico e um extraordinário suspense psicológico sobre monstros — reais e imaginados. A história em quadrinhos mais impactante desde Maus. Com o tumultuado cenário político da Chicago dos anos 1960 como pano de fundo, Minha Coisa Favorita é Monstro é narrado por Karen Reyes, uma garota de dez anos completamente alucinada por histórias de terror. No seu diário, todo feito em esferográfica, ela se desenha como uma jovem lobismoça e leva o leitor a uma incrível jornada pela iconografia dos filmes B de horror e das revistinhas de monstro. Quando Karen tenta desvendar o assassinato de sua bela e enigmática vizinha do andar de cima — Anka Silverberg, uma sobrevivente do Holocausto — assistimos ao desenrolar de histórias fascinantes de um elenco bizarro e sombrio de personagens: seu irmão Dezê, convocado a servir nas forças armadas e assombrado por um segredo do passado; o marido de Anka, Sam Silverberg, também conhecido como o jazzman “Hotstep”; o mafioso Sr. Gronan; a drag queen Franklin; e Sr. Chugg, o ventríloquo. Num estilo caleidoscópico e de virtuosismo estonteante, Minha Coisa Favorita é Monstro é uma obra magistral e de originalidade ímpar. Grande vencedor do prêmio Eisner, o mais importante do quadrinho mundial, nas categorias Melhor Álbum do Ano, Melhor Roteirista/Desenhista e Melhor Colorista.

Continue lendo »

28

ago
2018

[Resenha] Garota-Ranho — Bryan Lee O’Malley,‎ Leslie Hung e Mickey Quinn

Título: Garota-Ranho
Título original: Snotgirl: Green Hair Don’t Care
Autor: Bryan Lee O’Malley e‎ Leslie Hung e Mickey Quinn
Tradução: Érico Assis
Ilustração: Leslie Hung e Mickey Quinn
Editora: Quadrinhos na Cia
Número de Páginas: 136
Ano de Publicação: 2018
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Do mesmo criador do fenômeno Scott Pilgrim, Garotaranho é uma das séries mais ousadas, engraçadas e espertas dos quadrinhos atuais. Lottie Person é uma blogueira de moda que vive uma vida absolutamente incrível — ou pelo menos é o que ela quer que você acredite. A verdade é que sua alergia está fora de controle, seu nariz não para de escorrer, o namorado a trocou por uma garota mais nova e é possível que ele tenha cometido um homicídio. Este é o primeiro volume do sensacional Garotaranho, de Bryan Lee O’Malley, criador de Scott Pilgrim, e da desenhista Leslie Hung.

Continue lendo »

18

out
2016

[Resenha] Reportagens – Joe Sacco

reportagens-joe-sacco-minha-vida-literaria

Título: Reportagens
Autor: Joe Sacco
Editora: Quadrinhos na Cia
Número de Páginas: 200
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Na última década, Joe Sacco tem se voltado cada vez mais aos quadrinhos curtos para nos mandar seus relatos dos conflitos ao redor do globo. Reunidas pela primeira vez, essas reportagens mostram por que Sacco é um dos principais correspondentes de guerra dos nossos tempos. São histórias de refugiados africanos em Malta, de contrabandistas palestinos, de criminosos de guerra e de suas vítimas. E ainda de uma incursão com o exército americano no Iraque, em que ele vê de perto a miséria e o absurdo da guerra. Um de seus trabalhos mais maduros, Reportagens traz Sacco nas linhas de frente dos conflitos, relatando com sensibilidade e crueza os horrores e as esperanças da humanidade.

Continue lendo »

02

set
2016

[Resenha] Bordados – Marjane Satrapi

bordados-minha-vida-literaria

Título: Bordados
Autor: Marjane Satrapi
Editora: Quadrinhos na Cia
Número de Páginas: 136
Ano de Publicação: 2010
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSubmarino

Os almoços de família na casa da avó de Marjane Satrapi, em Teerã, terminavam sempre com o mesmo ritual – enquanto os homens iam fazer a sesta, as mulheres lavavam a louça. Logo depois começava uma sessão cujo acesso só era permitido a elas – o ‘bordado’. O ‘bordado’ iraniano seria equivalente ao brasileiríssimo ‘tricô’, não fosse uma acepção bastante particular – a expressão designa também a cirurgia de reconstituição do hímen, uma decisão pragmática para as mulheres que não abrem mão de ter vida sexual antes do casamento, mas sabem que precisam corresponder às expectativas das forças moralistas do país. O grupo que se reúne na casa da avó de Marjane é uma amostra de mulheres com moral e experiência bastante variadas, mas sempre às voltas com o machismo e a tradição. Casamentos malfadados, virgindades roubadas, adultérios, frustrações, golpes e autoenganos, mostram que no Irã amar e de-samar pode ser ainda mais complicado do que podemos supor.

Continue lendo »

páginas 12

Minha Vida Literária

Caixa Postal 452

Mogi das Cruzes/SP

CEP: 08710-971

Siga nas redes sociais

© 2020 • Minha Vida Literária • Todos os direitos reservados • fotos do topo por Ingrid Benício