Arquivos Resenha da Clívia | Página 13 de 16 | Minha Vida Literária
03

out
2014

[Resenha] Mansfield Park – Jane Austen

Mansfield Park
Título: Mansfield Park
Autor: Jane Austen
Editora: Penguin – Companhia
Número de Páginas:  608
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Na literatura, esperamos que o herói seja vigoroso, tenha um espírito aventureiro, audácia, bravura, capacidade de superação e uma pitada de imprudência. Ele deve ser ativo, enfrentar obstáculos e afirmar a própria energia. Fanny Price, a heroína de Mansfield Park, é o oposto de tudo isso.Frágil, tímida, insegura e excessivamente vulnerável, a pequena Fanny deixa a casa dos pais pobres para morar com os tios mais afortunados em Mansfield Park. Lá, convive com diversos familiares, mas se aproxima apenas do primo Edmund, seu companheiro inseparável. A tranquilidade de casa, no entanto, é abalada com a chegada dos irmãos Mary e Henry Crawford em uma propriedade vizinha. Edmund se apaixona por ela, enquanto Henry flerta com todas as moças.
Mansfield Park é o romance que marca a maturidade de Jane Austen. Apresenta um tom mais contido, sardônico, em comparação com obras idealizadas antes, como Orgulho e preconceito Razão e sensibilidade. Aqui, mais consciente dos verdadeiros males e sofrimentos inerentes à vida em sociedade, uma das maiores autoras da língua inglesa enaltece, na figura de Fanny, a imobilidade, a solidez, a permanência e a resignação.

Continue lendo »

26

set
2014

[Resenha] O Condado de Citrus – Pântanos, Paixões e Picadas de Mosquito – John Brandon

O_CONDADO_DE_CITRUS__1403023918P
Título: O Condado de Citrus – Pântanos, Paixões e Picadas de Mosquito
Autor: John Brandon
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 288
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

A Flórida do condado de Citrus não se parece em nada com aquelas imagens de televisão, com um clima convidativo, coqueiros e surfistas. Shelby Register, de quatorze anos, se muda para a cidade com cheiro de pântano com seu pai e irmã após a morte da mãe. Talvez a única coisa que a interesse seja o tal Toby McNurse, um delinquente sem cura que cumpre suas dezenas de detenções acumuladas. Já Toby não vê sentido na vida, nas paixões dos adultos, nas diversões dos amigos. Só sabe, em seu âmago, que está em seu destino fazer o mal. E ao observar as angelicais irmãs Register, sabe que o chamado de sua alma está prestes a ser atendido. • “Um escritor para ficar de olho, reler e invejar.” – Tom Franklin • “Brandon escreve sobre cansaço, saudade e por fim amor com energia e espirituosidade que são triunfantes e inteiramente suas.” – Deb Olin Unferth • “John Brandon é um franco-atirador da prosa – metade Denis Johnson, metade Elmore Leonard.” – Davy Rothbart

Continue lendo »

19

set
2014

[Resenha] Diga Aos Lobos Que Estou Em Casa – Carol Rifka Brunt

diga-aos-lobos-que-estou-em-casa
Título: Diga Aos Lobos Que Estou Em Casa
Autor: Carol Rifka Brunt
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas:  464
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Só existe uma pessoa no mundo inteiro que compreende June Elbus, de 14 anos. Essa pessoa é o seu tio, o renomado pintor Finn Weiss. Tímida na escola, vivendo uma relação distante com a irmã mais velha, June só se sente “ela mesma” na companhia de Finn; ele é seu padrinho, seu confidente e seu melhor amigo. Quando o tio morre precocemente de uma doença sobre a qual a mãe de June prefere não falar, o mundo da garota desaba. Porém, a morte de Finn traz uma surpresa para a vida de June – alguém que a ajudará a curar a sua dor e a reavaliar o que ela pensa saber sobre Finn, sobre sua família e sobre si mesma. No funeral, June observa um homem desconhecido que não tem coragem de se juntar aos familiares de Finn. Dias depois, ela recebe um pacote pelo correio. Dentro dele há um lindo bule que pertenceu a seu tio e um bilhete de Toby, o homem que apareceu no funeral, pedindo uma oportunidade para encontrá-la. À medida que os dois se aproximam, June descobre que não é a única que tem saudades de Finn. Se ela conseguir confiar realmente no inesperado novo amigo, ele poderá se tornar a pessoa mais importante do mundo para June. “Diga Aos Lobos Que Estou Em Casa” é uma história sensível que fala de amadurecimento, perda do amor e reencontro, um retrato inesquecível sobre a maneira como a compaixão pode nos reconstruir.

Continue lendo »

12

set
2014

[Resenha] Arrabal e a Noiva do Capitão – Marisa Ferrari

ARRABAL_E_A_NOIVA_DO_CAPITAO
Título: Arrabal e a Noiva do Capitão
Autor: Marisa Ferrari
Editora: Novas Páginas
Número de Páginas:  368
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Giordano e Giuseppe são idênticos na aparência, mas suas almas não poderiam ser mais diferentes. O bravo Giordano é o capitão-chefe da Guarda Real. Giuseppe é um ator de coração puro e alegria contagiante que viaja com sua trupe para se apresentar nas praças e castelos da região. De caráter inflexível, Giordano tem como sua maior missão proteger o Rei. Por sua vez, o sonhador Giuseppe deseja escrever uma peça de teatro com diálogos, o que seria uma inovação para a época. Embora não sejam propriamente amigos, os dois irmãos vivem uma espécie de acordo de cavalheiros, respeitando o espaço um do outro e lidando com o delicado estado de saúde de sua mãe. Até que a formosa Luigia acaba com a paz da família Romanelli. Arrabal e a Noiva do Capitão nos transporta para a incrível Nápoles do século 18, magistralmente reconstruída por Marisa Ferrari. Uma história que resgata a magia do teatro e nos convida a compreender a beleza que existe nas contradições.

Continue lendo »

05

set
2014

[Resenha] Toda Poesia – Paulo Leminski

Toda Poesia
Título: Toda Poesia
Autor: Paulo Leminski
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas:  424
Ano de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Paulo Leminski foi corajoso o bastante para se equilibrar entre duas enormes construções que rivalizavam na década de 1970, quando publicava seus primeiros versos: a poesia concreta, de feição mais erudita e superinformada, e a lírica que florescia entre os jovens de vinte e poucos anos da chamada “geração mimeógrafo”. Ao conciliar a rigidez da construção formal e o mais genuíno coloquialismo, o autor praticou ao longo de sua vida um jogo de gato e rato com leitores e críticos. Se por um lado tinha pleno conhecimento do que se produzira de melhor na poesia – do Ocidente e do Oriente -, por outro parecia comprazer-se em mostrar um “à vontade” que não raro beirava o improviso, dando um nó na cabeça dos mais conservadores. Pura artimanha de um poeta consciente e dotado das melhores ferramentas para escrever versos. Entre sua estreia na poesia, em 1976, e sua morte, em 1989, a poucos meses de completar 45 anos, Leminski iria ocupar uma zona fronteiriça única na poesia contemporânea brasileira, pela qual transitariam, de forma legítima ou como contrabando, o erudito e o pop, o ultraconcentrado e a matéria mais prosaica. Não à toa, um dos títulos mais felizes de sua bibliografia é Caprichos & relaxos: uma fórmula e um programa poético encapsulados com maestria. Este volume percorre, pela primeira vez, a trajetória poética completa do autor curitibano, mestre do verso lapidar e da astúcia. Livros hoje clássicos como Distraídos venceremos e La vie en close, além de raridades como Quarenta clics em Curitiba e versos já fora de catálogo estão agora novamente à disposição dos leitores, com inédito apuro editorial. O haikai, a poesia concreta, o poema-piada oswaldiano, o slogan e a canção – nada parece ter escapado ao “samurai malandro”, que demonstra, com beleza e vigor, por que tem sido um dos poetas brasileiros mais lidos e celebrados das últimas décadas. Com apresentação da poeta (e sua companheira por duas décadas) Alice Ruiz S, posfácio do crítico e compositor José Miguel Wisnik, e um apêndice que reúne textos de, entre outros, Caetano Veloso, Haroldo de Campos e Leyla Perrone-Moisés, Toda poesia é uma verdadeira aventura – para a inteligência e a sensibilidade.

Continue lendo »

29

ago
2014

[Resenha] A Psicologia Vai ao Cinema – Skip Dine Young

A-Psicologia-Vai-ao-CinemaTítulo: A Psicologia vai ao Cinema
Autor: Skip Dine Young
Editora: Cultrix
Número de Páginas:  256
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Todos os filmes têm um conteúdo psicológico efervescente, explodindo de dramaticidade humana. Esse drama pode ser visto a partir de muitos ângulos diferentes – nos próprios filmes, nas pessoas que os criam e nas pessoas que os assistem. Este livro investiga essas questões e aborda a maneira como os psicólogos têm interpretado os filmes e como a psicoterapia e os distúrbios psicológicos têm sido retratados no cinema. O autor também examina a constituição psicológica de diretores lendários como Hitchcock, Scorsese e Woody Allen, e atores e atrizes como Jack Nicholson e Angelina Jolie. O poderoso impacto que os filmes podem causar no público também é analisado. O autor recorre à sua extensa experiência nas áreas do cinema e da psicologia para revelar as profundas conexões entre o mundo de fantasia do cinema e as realidades da vida cotidiana.

Continue lendo »

20

ago
2014

[Resenha] O Céu é de Esmeraldas – Vitória Trombetta

Título: O Céu é de Esmeraldas
Autor: Vitória Trombetta
Editora: Chiado Editora
Número de Páginas: 344
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

“Asterix, futuro planeta Terra. O que conhecemos hoje foi classificado como os Anos Perdidos e o novo futuro é algo completamente diferente. As leis mudaram após uma invasão espacial, os Seres impõem regras e a consequências caso haja problemas é simples: aniquilação total ou parcial. Após um tempo, há um acordo. Só que o está por vir, parece se recusar a ter uma solução. Do outro lado do mundo, Louise e Verônica vivem sem saber das verdades de seu passado. Em meio de olhares e metáforas, a realidade parece não parece ser tão diferente de como é. As descobertas começam a surgir e nenhuma novidade parece ser o suficiente. Enquanto o tempo está acabando cada vez mais depressa, o desespero, as emoções intensas e as ações imprevisíveis são inevitáveis. E há tudo com tanta rapidez e sutilidade, que não há como escapar da morte.

Continue lendo »

17

ago
2014

[Resenha] Petra do Coração de Pedra – Anna Claudia Ramos

PETRA_DO_CORACAO_DE_PEDRA_1405172785PTítulo: Petra do Coração de Pedra
Autor: Anna Claudia Ramos
Editora: Galera Junior
Número de Páginas:  144
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Uma incrível jornada por respostas e sentimentos. Petra é uma menina que vive em Nanatuthi, uma cidade cercada de florestas, situada em um grande vale ao norte do Portal Encantado. A menina nasceu como uma menina alegre e curiosa. Mas quando sua mãe morre de uma hora para outra, e seu pai lhe priva de afeto, ela fica com um coração de pedra que, dizem, faz com que ela não sinta nada. Consumida pela tristeza, é apenas ao encontrar com um misterioso centauro que Petra terá uma chance para encontrar as respostas aos seus sentimentos.

Continue lendo »

15

ago
2014

[Resenha] A Vida Secreta das Abelhas – Sue Monk Kidd

A VIDA SECRETA DAS ABELHASTítulo: A Vida Secreta das Abelhas
Autor: Sue Monk Kidd
Editora: Paralela
Número de Páginas:  232
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Saraiva; Submarino

O mundo de Lily, uma menina de 14 anos, é marcado pela dor e pela morte de sua mãe. Diante de um momento crítico, em que a única pessoa que lhe resta está em perigo, que Lily vai iniciar sua aventura, uma experiência que a abrirá finalmente para o amor. Um romance sobre o autoconhecimento, no qual a solidariedade humana é a abelha rainha que congrega todos os corações a sua volta.

Continue lendo »

08

ago
2014

[Resenha] Man Repeller – Leandra Medine

Man RepellerTítulo: Man Repeller
Autor: Leandra Medine
Editora: Novo Conceito/Selo: Novas Ideias
Número de Páginas:  256
Ano de Publicação: 2014
Skoob: Adicione
Orelha de Livro: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Em seu primeiro livro, a badalada blogueira e queridinha do mundo fashion conta suas divertidas memórias. Com jeito insolente, uma franqueza desconcertante e fotos de seu arquivo pessoal, Leandra compartilha detalhes da noite em que perdeu a virgindade, quando esqueceu de tirar as meias soquetes brancas, e descreve o momento em que percebeu que a clutch Hermès vintage da sua avó, feita de pele de avestruz, poderia guardar muito mais do que a chave e o celular. Leandra é a prova de que não precisamos trair nosso estilo repelente nem mesmo ao procurar o vestido de noiva (que pode ser muito bem ser combinado com uma jaquetinha perfecto de organza). Exibindo as opiniões originalíssimas de uma blogueira que ganhou milhões de fãs, este livro reúne experiências divertidas e meio bizarras, uma história de amor superdoce e, acima de tudo, um lembrete para celebrarmos um mundo que é feito pelas mulheres e para as mulheres.

Continue lendo »

páginas «1 ...910111213141516»

Últimas Resenhas

Calendário de posts

outubro 2019
S T Q Q S S D
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019

<div class="titulo desafio-fuxicando-sobre-chick-lits-2019"><h6>Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por