Arquivos Thriller Policial | Minha Vida Literária
26

Maio
2020

[Resenha] Viva Para Contar — Lisa Gardner

Título: Viva Para Contar
Título original: Live To Tell
Autor: Lisa Gardner
Tradutor: Ivar Panozzolo Júnior
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 480
Data de Publicação: 2012
Skoob: Adicione
Compare: Amazon

Em uma noite quente de verão, em um bairro de classe média de Boston, um crime inimaginável foi cometido: quatro membros da mesma família foram brutalmente assassinados. O pai — e possível suspeito — agora está internado na UTI de um hospital, entre a vida e a morte. Seria um caso de assassinato seguido por tentativa de suicídio? Ou algo pior? D. D. Warren, investigadora veterana do departamento de polícia, tem certeza de uma coisa: há mais elementos neste caso do que indica o exame preliminar.
Danielle Burton é uma sobrevivente, uma enfermeira dedicada cujo propósito na vida é ajudar crianças internadas na ala psiquiátrica de um hospital. Mas ela ainda é assombrada por uma tragédia familiar que destruiu sua vida no passado. Quase 25 anos depois do ocorrido, quando D. D. Warren e seu parceiro aparecem no hospital, Danielle imediatamente percebe: vai acontecer tudo de novo.
Victoria Oliver, uma dedicada mãe de família, tem dificuldades para lembrar exatamente o que é ter uma vida normal. Mas fará qualquer coisa para garantir que seu filho consiga ter uma infância tranquila. Ela o amará, independentemente do que aconteça. Irá protegê-lo e lhe dar carinho. Mesmo que a ameaça venha de dentro da sua própria casa.
Na obra de suspense mais emocionante de Lisa Gardner, autora best-seller do The New York Times, a vida dessa três mulheres se desdobra e se conecta de maneiras inesperadas. Pecados do passado são revelados e segredos assustadores mostram a força que os laços de família podem ter. Às vezes, os crimes mais devastadores são aqueles que acontecem mais perto de nós.

Continue lendo »

05

Maio
2020

[Resenha] Fissura — Karin Slaughter

Título: Fissura
Título original: Fractured
Autor: Karin Slaughter
Tradução: Gustavo Mesquita
Editora: Record
Número de Páginas: 364
Ano de Publicação: 2013
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSubmarino

Uma mãe aterrorizada diante de uma triste e chocante tragédia. Em uma importante mansão de Ansley Park, um dos endereços mais tradicionais e sofisticados de Atlanta, uma adolescente é brutalmente assassinada a facadas, e seu rosto está irreconhecível. Os vestígios de um estupro são evidentes. Ao lado do corpo ensanguentado, há um homem com uma faca na mão. Esta é a cena com a qual Abigail Campano se depara ao chegar a casa. Seria possível alguém ter matado sua doce filha? Dominada pelo ódio, ele estrangula o sujeito com as próprias mãos. Como julgar uma mãe desesperada cuja única intenção é vingar a morte da filha? Cabe ao agente Will Trent lidar com esse caso peculiar e cheio de reviravoltas. Mas nem o detetive nem a família Campano imaginaram ser apenas o início de seus maias terríveis dias.

Continue lendo »

21

abr
2020

[Resenha] Deuses Caídos – Gabriel Tennyson

Título: Deuses Caídos
Autor: Gabriel Tennyson
Editora: Suma
Número de Páginas: 400
Ano de Publicação: 2018
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSubmarino

Um serial killer com poderes paranormais está assassinando evangelistas famosos — e os vídeos de cada um deles sendo torturados ganham cada vez mais público na internet. O assassino se proclama o novo messias, e os pecadores devem temer sua justiça. O que a Sociedade de São Tomé teme, no entanto, é que ele acabe com o trabalho de séculos de manter o sobrenatural bem afastado da consciência da população, embora seres mágicos povoem o submundo da cidade.
Para garantir que o assassino seja capturado e o máximo de discrição mantida, a Sociedade convoca Judas Cipriano — um padre indisciplinado, descendente de são Cipriano e herdeiro de alguns poderes celestiais. Veterano nesse tipo de caso, o padre é enviado para trabalhar como consultor da Polícia Civil e fica responsável por apresentar à jovem inspetora Júlia Abdemi o lado místico da cidade.
Para resolver o caso — e sobreviver —, os dois precisarão de toda ajuda que puderem encontrar… O que inclui se unir a uma súcubo imortal, um dragão chinês traficante de armas mágicas e um gárgula que é a síntese da sociedade carioca.

Continue lendo »

19

dez
2019

[Vídeo] A Última Festa — Lucy Foley | Vlog de Leitura

A Última Festa — Lucy Foley

Título: A Última Festa
Título original: The Hunting Party
Autor: Lucy Foley
Tradução: Marina Vargas
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 304
Ano de Publicação: 2020
Skoob: Adicione
Assine: Clube Intrínsecos

Miranda e Katie são amigas de infância. As duas conheceram Julien, Mark, Samira, Giles, Nick e Bo na época da faculdade. Já Emma entrou no grupo mais tarde, quando se casou com Mark, e é por isso que ela se empenha tanto na organização do encontro de fim de ano. Programado desta vez para acontecer em um cenário idílico, o feriado que todos passarão juntos promete refeições deliciosas, muito champanhe, boa música, entretenimentos variados e conversas maravilhosas.
O grupo, como qualquer outro, tem suas pequenas tensões, que se fazem notar já na viagem de trem entre Londres e Loch Corrin, a cidade das Terras Altas escocesas onde os amigos vão se hospedar. Desentendimentos bobos sobre o horário da partida, a escolha dos assentos, quem vai ficar em qual chalé vão surgindo aqui e ali, e logo desaparecem, substituídos pelo tilintar dos primeiros brindes. Mas não são esquecidos, assim como todos os ressentimentos de anos atrás.
Depois de uma década juntos, talvez nem toda a nostalgia que os encontros de fim de ano tentam evocar seja suficiente para suplantar as diferenças entre eles, que se tornaram cada vez mais profundas. Na grande festa da última noite do ano, o fio que os mantém unidos enfim arrebenta, trazendo à tona as únicas coisas que ainda lhes restam em comum: raiva e segredos. No dia seguinte, alguém está morto e uma forte nevasca os mantém isolados. Ninguém pode entrar. Ninguém pode sair. Nem o assassino.
Narrada em flashbacks a partir das perspectivas dos vários personagens, a história desse malfadado encontro é um daqueles mistérios cheios de tensão e de ritmo perfeito. Lucy Foley consegue criar um hall de personagens tão intrigantes quanto potencialmente detestáveis: autocentrados, vaidosos, soberbos, manipuladores, até mesmo ameaçadores, cada um a seu modo. É difícil eleger em quem confiar. A cada interação do grupo capturamos uma nova pista do passado de um, das ambições do outro, de como eles se enxergam e como se relacionam. Uma rede de histórias que a autora tece até a última página, em um jogo sutil de revelações e omissões.
É justa a recorrente comparação de “A Última Festa” com as obras da grande mestra Agatha Christie, que criou e solucionou como ninguém os crimes mais mirabolantes e, ao mesmo tempo, irritantemente simples da literatura policial. Pois o que Lucy Foley nos entrega em seu livro é uma revisitação moderna do clássico crime do quarto fechado, com todos os elementos obrigatórios somados a um toque incontestável de autenticidade. Uma trama de suspense brilhantemente construída, uma homenagem à Rainha do Crime, o reconto de um estilo que todos amamos: A última festa é tudo isso e um pouco mais. Será que velhos amigos serão sempre os melhores amigos?

 

VLOG DE LEITURA


16

set
2019

[Vídeo Resenha] A Corrente — Adrian McKinty

A Corrente — Adrian McKinty

Título: A Corrente
Título original: The Chain
Autor: Adrian McKinty
Tradução: Clóvis Marques
Editora: Record
Número de Páginas: 378
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ AmericanasSaraivaSubmarino

O dia começa como qualquer outro. Rachel Klein deixa no ponto de ônibus a filha de 13 anos, Kylie, e segue sua rotina. Mas o telefonema de um número desconhecido muda tudo. Do outro lado, uma voz de mulher avisa que Kylie está no banco de trás de seu carro, e que Rachel só verá a filha de novo se pagar um resgate ― e sequestrar outra criança.
Assim como Rachel, a mulher no telefone é mãe, também teve o filho sequestrado e, se Rachel não fizer exatamente o que ela manda, o menino morre, e Kylie também. Agora Rachel faz parte da Corrente, um esquema aterrorizante que transforma os pais das vítimas em criminosos ― e, ao mesmo tempo, deixa alguém muito rico.
A Corrente é implacável, apavorante e totalmente anônima. As regras são simples: entregar o valor exigido, escolher outra vítima e cometer um ato abominável do qual, apenas vinte e quatro horas antes, você se julgaria incapaz. Rachel é uma mulher comum, mas, nos dias que se seguem, será levada a extremos que ultrapassam todos os limites do aceitável. Ela será obrigada a fazer escolhas morais inconcebíveis e executar ordens terríveis. Os cérebros por trás da Corrente sabem que os pais farão qualquer coisa pelos filhos. Mas o que eles não sabem é que talvez tenham se deparado com uma oponente à altura. Rachel é inteligente, determinada e… uma sobrevivente.

 

RESENHA EM VÍDEO


29

ago
2019

[Vídeo Resenha] Mortos Não Contam Segredos – Karen McManus

Mortos Não Contam Segredos – Karen McManus

Título: Mortos Não Contam Segredos
Título original: Two Can Keep A Secret
Autor: Karen McManus
Tradução: Petê Rissati
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 352
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ AmericanasSaraivaSubmarino

Por trás das cercas brancas e dos gramados perfeitos da pacata cidadezinha de Echo Ridge, há segredos de natureza obscura. Ellery conhece as histórias a respeito da cidade natal de sua mãe e sabe que ali garotas desaparecidas não voltam para casa. Cinco anos atrás, a rainha do baile foi assassinada e o culpado jamais foi preso. Sua tia também foi uma das vítimas quando ainda era adolescente, mas a mãe pouco fala sobre isso, preferindo mascarar o luto com bebidas e remédios. Quando o vicio culmina em uma internação na clínica de reabilitação, Ellery e seu irmão gêmeo, Ezra, se mudam para a casa da avó em Echo Ridge e passam a testemunhar em primeira mão a sinistra fama da cidade.
Antes mesmo do inicio das aulas, novas ameaças surgem em forma de pi-chações. Alguém deixa bem claro que a temporada de caça às rainhas do baile está aberta, e o nome de Ellery surge entre as possíveis vítimas. Poucos dias depois, outra garota desaparece e, des-ta vez, Ellery está determinada a descobrir quem está por trás de tudo isso. Mas quanto mais a menina se envolve com os segredos dos moradores, mais se põe na mira do responsável pelas mortes. Ellery está prestes a descobrir que segredos são perigosos, e é por isso que, em Echo Ridge, é melhor guardá-los para si.

 

RESENHA EM VÍDEO


10

jul
2019

[Resenha] Uma Mulher no Escuro – Raphael Montes

Título: Uma Mulher no Escuro
Autor: Raphael Montes
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas: 256
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSubmarino

Victoria Bravo tinha quatro anos quando um homem invadiu sua casa e matou sua família a facadas, pichando seus rostos com tinta preta. Única sobrevivente, ela agora é uma jovem solitária e tímida, com pesadelos frequentes e sérias dificuldades para se relacionar. Seu refúgio é ficar em casa e observar a vida alheia pelas janelas do apartamento onde mora, na Lapa, Rio de Janeiro.
Mas o passado bate à sua porta, e ela não sabe mais em quem pode confiar. Obrigada a enfrentar sua própria tragédia, Victoria embarca em uma jornada de amadurecimento e descoberta que a levará a zonas obscuras, mas também revelará as possibilidades do amor. Um psiquiatra, um amigo feito pela internet e um possível namorado — qual dos três homens está usando tudo o que sabe para aterrorizar a vida de Vic? E o que afinal ele quer com ela?
Na literatura nacional, Raphael Montes é unanimidade quando se trata de livros de suspense. Uma Mulher no Escuro traz sua primeira protagonista feminina e confirma o autor como um dos mais originais da atualidade — além de deixar o leitor intrigado do começo ao fim.

Continue lendo »

16

mar
2019

[Vídeo] Thrillers Para Iniciantes

Oi, gente linda! Quem me acompanha, sabe que adoro um bom thriller, né? No vídeo de hoje, trago uma listinha com sugestões de leituras para quem quer começar a ler o gênero!

14

fev
2019

[Vídeo Resenha] O Desaparecimento de Stephanie Mailer — Joël Dicker

Título: O Desaparecimento de Stephanie Mailer
Título original: La Disparition de Stephanie Mailer
Autor: Joël Dicker
Tradutor: André Telles
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 578
Data de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSubmarino

Na noite de 30 de Julho de 1994, a pacata vila de Orphea, na costa leste dos Estados Unidos, assiste ao grande espectáculo de abertura do festival de teatro. Mas o presidente da Câmara está atrasado para a cerimónia… Ao mesmo tempo, Samuel Paladin percorre as ruas desertas da vila à procura da mulher, que saiu para correr e não voltou. Só para quando encontra o seu corpo em frente à casa do presidente da Câmara. Dentro da casa, toda a família do presidente está morta.
A investigação é entregue a Jesse Rosenberg e Derek Scott, dois jovens polícias do estado de Nova Iorque. Ambiciosos e tenazes, conseguem cercar o assassino e são condecorados por isso. Vinte anos mais tarde, na cerimónia de despedida de Rosenberg da Polícia, a jornalista Stephanie Mailer confronta-o com uma revelação inesperada: o assassino não é quem eles pensavam, e a jornalista reclama ter informações-chave para encontrar o verdadeiro culpado.
Dias depois, Stephanie desaparece.
Assim começa este thriller colossal, de ritmo vertiginoso, entrelaçando tramas, personagens, surpresas e volte-faces, sacudindo o leitor e impelindo-o, sem possibilidade de parar, até ao inesperado e inesquecível desenlace.
O que aconteceu a Stephanie Mailer?
E o que aconteceu realmente no Verão de 1994?

Continue lendo »

13

fev
2019

[Diversos] Dos Chick-Lits aos Thrillers: Autores Que Escreveram os Dois Gêneros

Tem autor que a gente, só de ouvir o nome, já associa a determinado gênero, né? Por exemplo, não dá pra falar de Agatha Christie sem pensar nela como “A Dama do Crime”. Falou em Carina Rissi, a gente já espera um chick-lit gostosinho. Nicholas Sparks? Prepare as lágrimas para um romance arrebatador.

Porém, embora muitos autores fiquem conhecidos por escreverem um mesmo gênero, outros acabam transitando entre eles. No post de hoje, vim falar de três que começaram escrevendo chick-lits, mas acabaram fazendo sucesso com seus thrillers.

Continue lendo »

páginas 123456

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2020 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por