Arquivos Publieditorial | Minha Vida Literária
19

fev
2020

[Diversos] Paypal analisa lojas online no Brasil

O perfil empreendedor dos brasileiros tem aumentado à medida que o mundo digital e tecnológico traz novas oportunidades de negócio. O e-commerce parece ser um dos setores mais interessantes para estes trabalhadores e as lojas online estão proliferando — é só pensar, por exemplo, na principal maneira que os leitores têm comprado seus livros. Venha saber os números lançados pela Paypal sobre o e-commerce brasileiro!

Continue lendo »

06

fev
2020

[Vídeo resenha] Os Segredos Que Guardamos – Lara Prescott

Os Segredos Que Guardamos – Lara Prescott

Título: Os Segredos Que Guardamos
Título original: The Secrets We Kept
Autor: Lara Prescott
Tradução: Alessandra Esteche
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 368
Ano de Publicação: 2020
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Inspirado em uma missão real da CIA durante a Guerra Fria, Os segredos que guardamos mostra, de maneira romanceada, como a Agência de Inteligência americana apostou em Doutor Jivago, uma das obras-primas do século XX, para mostrar aos soviéticos o poder de mudança da literatura.
O plano era simples: imprimir no exterior Doutor Jivago em russo e contrabandear exemplares da obra que teve sua publicação proibida na União Soviética por ir contra a ideologia do Estado. Para tanto, a experiente e glamorosa espiã americana Sally Forrester deve treinar a novata Irina, uma simples datilógrafa da Agência, a fim de infiltrar o texto no país natal de seu autor, Boris Pasternak, vencedor do Prêmio Nobel com esta obra, porém obrigado por seu governo a rejeitá-lo.
Apesar de todo o potencial revolucionário, Doutor Jivago é também uma brilhante história de amor. A inspiração por trás de Lara, a icônica heroína da trama, é Olga Ivinskaia, musa de Pasternak. Os dois mantiveram um caso por décadas, uma relação intensa que sobreviveu à passagem do tempo, às ameaças de um regime autoritário e até aos anos de Olga em um gulag.
Assim, mulheres de ambos os lados da Cortina de Ferro protagonizam essa obra que mostra que, embora a história seja escrita pelos vencedores, é nos bastidores que o destino do mundo é forjado. Amantes, espiãs, datilógrafas. Fortes e corajosas, essas personagens ganham vida nessas páginas e são exemplos de que determinados segredos não devem ser guardados.

 

VÍDEO RESENHA


Confira aqui as impressões da Fran Cândido

19

dez
2019

[Vídeo] A Última Festa — Lucy Foley | Vlog de Leitura

A Última Festa — Lucy Foley

Título: A Última Festa
Título original: The Hunting Party
Autor: Lucy Foley
Tradução: Marina Vargas
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 304
Ano de Publicação: 2020
Skoob: Adicione
Assine: Clube Intrínsecos

Miranda e Katie são amigas de infância. As duas conheceram Julien, Mark, Samira, Giles, Nick e Bo na época da faculdade. Já Emma entrou no grupo mais tarde, quando se casou com Mark, e é por isso que ela se empenha tanto na organização do encontro de fim de ano. Programado desta vez para acontecer em um cenário idílico, o feriado que todos passarão juntos promete refeições deliciosas, muito champanhe, boa música, entretenimentos variados e conversas maravilhosas.
O grupo, como qualquer outro, tem suas pequenas tensões, que se fazem notar já na viagem de trem entre Londres e Loch Corrin, a cidade das Terras Altas escocesas onde os amigos vão se hospedar. Desentendimentos bobos sobre o horário da partida, a escolha dos assentos, quem vai ficar em qual chalé vão surgindo aqui e ali, e logo desaparecem, substituídos pelo tilintar dos primeiros brindes. Mas não são esquecidos, assim como todos os ressentimentos de anos atrás.
Depois de uma década juntos, talvez nem toda a nostalgia que os encontros de fim de ano tentam evocar seja suficiente para suplantar as diferenças entre eles, que se tornaram cada vez mais profundas. Na grande festa da última noite do ano, o fio que os mantém unidos enfim arrebenta, trazendo à tona as únicas coisas que ainda lhes restam em comum: raiva e segredos. No dia seguinte, alguém está morto e uma forte nevasca os mantém isolados. Ninguém pode entrar. Ninguém pode sair. Nem o assassino.
Narrada em flashbacks a partir das perspectivas dos vários personagens, a história desse malfadado encontro é um daqueles mistérios cheios de tensão e de ritmo perfeito. Lucy Foley consegue criar um hall de personagens tão intrigantes quanto potencialmente detestáveis: autocentrados, vaidosos, soberbos, manipuladores, até mesmo ameaçadores, cada um a seu modo. É difícil eleger em quem confiar. A cada interação do grupo capturamos uma nova pista do passado de um, das ambições do outro, de como eles se enxergam e como se relacionam. Uma rede de histórias que a autora tece até a última página, em um jogo sutil de revelações e omissões.
É justa a recorrente comparação de “A Última Festa” com as obras da grande mestra Agatha Christie, que criou e solucionou como ninguém os crimes mais mirabolantes e, ao mesmo tempo, irritantemente simples da literatura policial. Pois o que Lucy Foley nos entrega em seu livro é uma revisitação moderna do clássico crime do quarto fechado, com todos os elementos obrigatórios somados a um toque incontestável de autenticidade. Uma trama de suspense brilhantemente construída, uma homenagem à Rainha do Crime, o reconto de um estilo que todos amamos: A última festa é tudo isso e um pouco mais. Será que velhos amigos serão sempre os melhores amigos?

 

VLOG DE LEITURA


17

nov
2019

[Vídeo] Um Caminho Para A Liberdade — Jojo Moyes | Vlog de Leitura

Um Caminho Para A Liberdade — Jojo Moyes

Título: Um Caminho Para A Liberdade
Título original: The Giver of Stars
Autor: Jojo Moyes
Tradução: Ana Rodrigues, Catharina Pinheiro, Julia Sobral Campos e Maria Carmelita Dias
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 368
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ AmericanasSaraivaSubmarino

Em uma época em que não seguir os costumes e a religião era transgressão gravíssima, o caminho de um grupo de mulheres se cruza de maneira inesperada. A década de 1930 está chegando ao fim, e, em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos, a ideia de que as moças administrem uma biblioteca itinerante desafia o status quo.
Com o compromisso de levar livros para os moradores mais pobres da região, Margery, Alice, Beth, Sophia e Izzy aceitam trabalhar na biblioteca. E à medida que enfrentam inúmeras dificuldades, como aprender a cavalgar, percorrer rotas de difícil acesso e suportar o preconceito dos mais conservadores, elas fortalecem o laço que as une e descobrem mais sobre si mesmas. Em pouco tempo, toda a cidade se volta contra o grupo, colocando em risco a sobrevivência do projeto. E as mulheres vão se perguntar mais uma vez se o poder das palavras será suficiente para salvá-las.
Inspirado em uma história real, Um Caminho Para a Liberdade fala de lealdade, independência e justiça. Com uma trama envolvente e emocionante, Jojo Moyes faz o leitor refletir sobre as redes de apoio e amizade entre mulheres e como é preciso ir além dos nossos — supostos — limites. Afinal, conquistar a liberdade nunca é fácil.

 

VLOG DE LEITURA


29

out
2019

[Diversos] Era uma vez, uma Village du Livre…

Um recanto maravilhoso com uma paisagem deslumbrante e destino certo para os amantes da leitura, assim é Montolieu, ou Village du Livre: uma comunidade francesa que vive em função dos livros e compartilha seu gosto pela leitura com o resto do mundo.

No local residem moradores especiais, que fazem da paixão pelos livros o seu ofício, fabricando, comercializando e atraindo bibliófilos de todo o planeta para contemplar suas obras.

Além dos livros, que representam a alma da Village du Livre, a cidade também abriga artesãos e amantes das obras manuais. Assim, é difícil não se encantar pela simples e pacata comunidade francesa, que parece ter sido concebida das mais fantasiosas histórias de contos de fadas.

Continue lendo »

23

out
2019

[Diversos] As melhores obras literárias escritas por mulheres de 2019

Já entramos no último trimestre do ano de 2019. Muitas obras maravilhosas encheram as prateleiras das livrarias, mas apenas algumas merecem ser consideradas as melhores do ano.

Porque, apesar de existirem milhares de autores talentosos e de renome mundial, os leitores sempre preferem novidades editoriais que nos convidam a sonhar e criar cenários imaginários dentro de um vasto repertório de livros extraordinários.

Imagem: Pixaby

Falta pouco para dizer adeus a este ano, um momento fantástico para descobrir quais foram os textos literários mais notáveis e que certamente irão para as principais listas de 2019.

Aqui estão os melhores livros escritos por mulheres de 2019 ainda não publicados no Brasil para vocês conhecerem,  porque são verdadeiras obras da literatura que te prendem e fazem você adorar a leitura ainda mais.

Continue lendo »

30

set
2019

[Vídeo] Teto Para Dois — Beth O’Leary | Vlog de Leitura

Oi, gente linda! Quem aí gosta de vlog de leitura?

Teto Para Dois é a comédia romântica de Beth O’Leary que marca sua estreia como escritora. O livro, que conta com a tradução de Carolina Selvatici, é lançamento da Editora Intrínseca e, no vídeo de hoje, mostro como foi meu processo de leitura dele. Já adianto: me apaixonei pelo livro!

Continue lendo »

16

set
2019

[Vídeo Resenha] A Corrente — Adrian McKinty

A Corrente — Adrian McKinty

Título: A Corrente
Título original: The Chain
Autor: Adrian McKinty
Tradução: Clóvis Marques
Editora: Record
Número de Páginas: 378
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ AmericanasSaraivaSubmarino

O dia começa como qualquer outro. Rachel Klein deixa no ponto de ônibus a filha de 13 anos, Kylie, e segue sua rotina. Mas o telefonema de um número desconhecido muda tudo. Do outro lado, uma voz de mulher avisa que Kylie está no banco de trás de seu carro, e que Rachel só verá a filha de novo se pagar um resgate ― e sequestrar outra criança.
Assim como Rachel, a mulher no telefone é mãe, também teve o filho sequestrado e, se Rachel não fizer exatamente o que ela manda, o menino morre, e Kylie também. Agora Rachel faz parte da Corrente, um esquema aterrorizante que transforma os pais das vítimas em criminosos ― e, ao mesmo tempo, deixa alguém muito rico.
A Corrente é implacável, apavorante e totalmente anônima. As regras são simples: entregar o valor exigido, escolher outra vítima e cometer um ato abominável do qual, apenas vinte e quatro horas antes, você se julgaria incapaz. Rachel é uma mulher comum, mas, nos dias que se seguem, será levada a extremos que ultrapassam todos os limites do aceitável. Ela será obrigada a fazer escolhas morais inconcebíveis e executar ordens terríveis. Os cérebros por trás da Corrente sabem que os pais farão qualquer coisa pelos filhos. Mas o que eles não sabem é que talvez tenham se deparado com uma oponente à altura. Rachel é inteligente, determinada e… uma sobrevivente.

 

RESENHA EM VÍDEO


05

set
2019

Como publicar um livro pelo KDP da Amazon e o que fazer antes disso

Oi, gente linda! Em Agosto completei um ano como autora independente e resolvi contar, no vídeo de hoje, como é o processo de publicação pela Amazon, além de falar um pouco sobre o que é necessário fazer antes de enviar seu livro para o Kindle Direct Publishing, o KDP.


Continue lendo »

02

set
2019

[Vídeo Resenha] As Esferas — Nelson Issa

As Esferas — Nelson Issa

Título: As Esferas
Autor: Nelson Issa
Editora: Autopublicação
Número de Páginas: 260
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Saiba mais: Blog do Autor
Compre: Amazon

Eu desejo. E acho que você também deseja.
Esta obra discute limites para o desejo, usando uma linguagem de ficção científica, que parece mais fácil para apresentar um tema tão espinhoso.
Segue um trecho do livro:

(…)
Entrevistador: Você pode falar outro dia, se quiser.
Deisi: Mas aí eu vou enrolar. Melhor eu falar agora (pausa). A Esfera mostrou coisas que eu penso e que eu sinto, mas que eu tenho vergonha de falar. Minhas raivas enormes, o desejo de namorar, a inveja que eu tenho das meninas bonitas, as masturbações que me acalmam… Tanta coisa!
Entrevistador: Olha só. Amanhã a gente pode continuar…
Deisi: Às vezes, eu quero matar a minha mãe, que eu sempre achei culpada de eu ter nascido cega. O ódio que eu tenho do meu pai, que foi tão covarde, fugiu da gente…
Entrevistador: Entendo. Que tal continuarmos amanhã?
Deisi: A raiva nos dias que eu durmo com fome. O ódio quando me chamam de ceguinha magrela feia preta macaca. A humilhação na escola, na rua, em qualquer lugar. Eu vi tudo isso. Por que ela me mostrou tudo isso?
Entrevistador: Deisi, hoje vamos parar. Pode ir dormir. Se quiser falar com a psicóloga, eu posso chamar. Quer um calmante?
(…)

Espero que você tenha uma ótima leitura e que faça novas perguntas.
Enfim, peço que você considere que minha narrativa está distorcida pelo meu modo de pensar e de sentir.
Pois eu ainda não sei usar uma Esfera.

Continue lendo »

páginas 12345678

Últimas Resenhas

Calendário de posts

abril 2020
S T Q Q S S D
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019

<div class="titulo desafio-fuxicando-sobre-chick-lits-2019"><h6>Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2020 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por