Arquivos Histórico | Minha Vida Literária
26

fev
2020

[Resenha] Evidence of the Affair — Taylor Jenkins Reid

Título: Evidence of the Affair
Autor: Taylor Jenkins Reid
Editora: Amazon
Número de Páginas: 115
Ano de Publicação: 2018
Skoob: Adicione
Compre: Amazon

As repercussões de um caso ilício se desdobram nessa novela da autora best-seller Taylor Jenkins Reid.

“Querido estranho…”

Uma jovem mulher desesperada no sul da Califórnia senta-se para escrever uma carta a um homem que ela nunca conheceu — uma escolha que mudará para sempre a vida de ambos.

“Meu coração segue com você, David. Mesmo que eu jamais tenha te conhecido…”

A correspondência entre Carrie Allsop e David Mayer revela, passo a passo, os detalhes dolorosos de um caso devastador entre seus cônjuges. A cada risco de caneta, eles confessam seus medos e desnudam suas almas. Eles compartilham o espanto sobre como as coisas deram tão errado e a indagação sobre o que fazer a partir dali.

Narrado inteiramente pelas cartas desses dois estranhos solidários e pelas cartas dos amantes ilícitos, Evidence of the Affair explora a complexidade natural do coração. E, para uma mulher, quão libertador pode ser quando ele é quebrado.

Livre tradução de Aione Simões

Continue lendo »

06

fev
2020

[Vídeo resenha] Os Segredos Que Guardamos – Lara Prescott

Os Segredos Que Guardamos – Lara Prescott

Título: Os Segredos Que Guardamos
Título original: The Secrets We Kept
Autor: Lara Prescott
Tradução: Alessandra Esteche
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 368
Ano de Publicação: 2020
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Inspirado em uma missão real da CIA durante a Guerra Fria, Os segredos que guardamos mostra, de maneira romanceada, como a Agência de Inteligência americana apostou em Doutor Jivago, uma das obras-primas do século XX, para mostrar aos soviéticos o poder de mudança da literatura.
O plano era simples: imprimir no exterior Doutor Jivago em russo e contrabandear exemplares da obra que teve sua publicação proibida na União Soviética por ir contra a ideologia do Estado. Para tanto, a experiente e glamorosa espiã americana Sally Forrester deve treinar a novata Irina, uma simples datilógrafa da Agência, a fim de infiltrar o texto no país natal de seu autor, Boris Pasternak, vencedor do Prêmio Nobel com esta obra, porém obrigado por seu governo a rejeitá-lo.
Apesar de todo o potencial revolucionário, Doutor Jivago é também uma brilhante história de amor. A inspiração por trás de Lara, a icônica heroína da trama, é Olga Ivinskaia, musa de Pasternak. Os dois mantiveram um caso por décadas, uma relação intensa que sobreviveu à passagem do tempo, às ameaças de um regime autoritário e até aos anos de Olga em um gulag.
Assim, mulheres de ambos os lados da Cortina de Ferro protagonizam essa obra que mostra que, embora a história seja escrita pelos vencedores, é nos bastidores que o destino do mundo é forjado. Amantes, espiãs, datilógrafas. Fortes e corajosas, essas personagens ganham vida nessas páginas e são exemplos de que determinados segredos não devem ser guardados.

 

VÍDEO RESENHA


Confira aqui as impressões da Fran Cândido

14

jan
2020

[Resenha] Os Segredos Que Guardamos – Lara Prescott

Título: Os Segredos Que Guardamos
Título original: The Secrets We Kept
Autor: Lara Prescott
Tradução: Alessandra Esteche
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 368
Ano de Publicação: 2020
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSubmarino

Inspirado em uma missão real da CIA durante a Guerra Fria, Os segredos que guardamos mostra, de maneira romanceada, como a Agência de Inteligência americana apostou em Doutor Jivago, uma das obras-primas do século XX, para mostrar aos soviéticos o poder de mudança da literatura.
O plano era simples: imprimir no exterior Doutor Jivago em russo e contrabandear exemplares da obra que teve sua publicação proibida na União Soviética por ir contra a ideologia do Estado. Para tanto, a experiente e glamorosa espiã americana Sally Forrester deve treinar a novata Irina, uma simples datilógrafa da Agência, a fim de infiltrar o texto no país natal de seu autor, Boris Pasternak, vencedor do Prêmio Nobel com esta obra, porém obrigado por seu governo a rejeitá-lo.
Apesar de todo o potencial revolucionário, Doutor Jivago é também uma brilhante história de amor. A inspiração por trás de Lara, a icônica heroína da trama, é Olga Ivinskaia, musa de Pasternak. Os dois mantiveram um caso por décadas, uma relação intensa que sobreviveu à passagem do tempo, às ameaças de um regime autoritário e até aos anos de Olga em um gulag.
Assim, mulheres de ambos os lados da Cortina de Ferro protagonizam essa obra que mostra que, embora a história seja escrita pelos vencedores, é nos bastidores que o destino do mundo é forjado. Amantes, espiãs, datilógrafas. Fortes e corajosas, essas personagens ganham vida nessas páginas e são exemplos de que determinados segredos não devem ser guardados.

Continue lendo »

17

nov
2019

[Vídeo] Um Caminho Para A Liberdade — Jojo Moyes | Vlog de Leitura

Um Caminho Para A Liberdade — Jojo Moyes

Título: Um Caminho Para A Liberdade
Título original: The Giver of Stars
Autor: Jojo Moyes
Tradução: Ana Rodrigues, Catharina Pinheiro, Julia Sobral Campos e Maria Carmelita Dias
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 368
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ AmericanasSaraivaSubmarino

Em uma época em que não seguir os costumes e a religião era transgressão gravíssima, o caminho de um grupo de mulheres se cruza de maneira inesperada. A década de 1930 está chegando ao fim, e, em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos, a ideia de que as moças administrem uma biblioteca itinerante desafia o status quo.
Com o compromisso de levar livros para os moradores mais pobres da região, Margery, Alice, Beth, Sophia e Izzy aceitam trabalhar na biblioteca. E à medida que enfrentam inúmeras dificuldades, como aprender a cavalgar, percorrer rotas de difícil acesso e suportar o preconceito dos mais conservadores, elas fortalecem o laço que as une e descobrem mais sobre si mesmas. Em pouco tempo, toda a cidade se volta contra o grupo, colocando em risco a sobrevivência do projeto. E as mulheres vão se perguntar mais uma vez se o poder das palavras será suficiente para salvá-las.
Inspirado em uma história real, Um Caminho Para a Liberdade fala de lealdade, independência e justiça. Com uma trama envolvente e emocionante, Jojo Moyes faz o leitor refletir sobre as redes de apoio e amizade entre mulheres e como é preciso ir além dos nossos — supostos — limites. Afinal, conquistar a liberdade nunca é fácil.

 

VLOG DE LEITURA


15

nov
2019

[Resenha] Os Sete Maridos de Evelyn Hugo — Taylor Jenkins Reid

Título: Os Sete Maridos de Evelyn Hugo
Título original: The Seven Husbands of Evelyn Hugo
Autor: Taylor Jenkins Reid
Tradução: Alexandre Boid
Editora: Paralela
Número de Páginas: 360
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Com todo o esplendor que só a Hollywood do século passado pode oferecer, esta é uma narrativa inesquecível sobre os sacrifícios que fazemos por amor, o perigo dos segredos e o preço da fama.
Lendária estrela de Hollywood, Evelyn Hugo sempre esteve sob os holofotes ― seja estrelando uma produção vencedora do Oscar, protagonizando algum escândalo ou aparecendo com um novo marido… pela sétima vez.
Agora, prestes a completar oitenta anos e reclusa em seu apartamento no Upper East Side, a famigerada atriz decide contar a própria história ― ou sua “verdadeira história” ―, mas com uma condição: que Monique Grant, jornalista iniciante e até então desconhecida, seja a entrevistadora.
Ao embarcar nessa misteriosa empreitada, a jovem repórter começa a se dar conta de que nada é por acaso ― e que suas trajetórias podem estar profunda e irreversivelmente conectadas.

Continue lendo »

17

set
2019

[Resenha] Daisy Jones & The Six — Taylor Jenkins Reid

Título: Daisy Jones & The Six
Título original: Daisy Jones & The Six
Autor: Taylor Jenkins Reid
Tradução: Alexandre Boid
Editora: Paralela
Número de Páginas: 360
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Todo mundo conhece Daisy Jones & The Six. Nos anos setenta, dominavam as paradas de sucesso, faziam shows para plateias lotadas e conquistavam milhões de fãs. Eram a voz de uma geração, e Daisy, a inspiração de toda garota descolada. Mas no dia 12 de julho de 1979, no último show da turnê Aurora, eles se separaram. E ninguém nunca soube por quê. Até agora.
Esta é história de uma menina de Los Angeles que sonhava em ser uma estrela do rock e de uma banda que também almejava seu lugar ao sol. E de tudo o que aconteceu — o sexo, as drogas, os conflitos e os dramas — quando um produtor apostou (certo!) que juntos poderiam se tornar lendas da música.
Neste romance inesquecível narrado a partir de entrevistas, Taylor Jenkins Reid reconstitui a trajetória de uma banda fictícia com a intensidade presente nos melhores backstages do rock’n’roll.

Continue lendo »

14

jun
2019

[Resenha] Carta à Rainha Louca — Maria Valéria Rezende

Título: Carta à Rainha Louca
Autores: Maria Valéria Rezende
Editora: Alfaguara
Número de Páginas: 144
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSubmarino

Mesclando linguagem histórica e uma crítica profundamente atual, Maria Valéria Rezende cria um romance sem par na literatura contemporânea, no qual mulheres mostram sua força frente às mais impensáveis repressões. Olinda, 1789. Isabel das Santas Virgens, presa no convento do Recolhimento da Conceição, escreve à rainha Maria I, conhecida como a Rainha Louca. Em suas cartas, ela, tida por muitos como também lunática, conta os destemperos cometidos pelos homens da Coroa – e por aqueles que galgaram tal posto – contra mulheres, escravizados e todos os que se encontravam mais vulneráveis. Por meio dos tormentos passados por ela e por sua senhora Blandina, nossa narradora expõe o pano de fundo da colonização brasileira e da situação da mulher que ousava desafiar. Com uma pesquisa histórica ímpar e usando o vocabulário próprio do setecentos mesclado a uma linguagem moderna, Maria Valéria Rezende recria com maestria a história de duas mulheres em um período conturbado do passado brasileiro. Como promete à rainha, Isabel conta “toda a verdade sobre o que em Vosso nome se faz nestas terras e a mim me fizeram.”

Continue lendo »

10

abr
2019

[Resenha] Amada — Toni Morrison

Título: Amada
Título original: Beloved
Autor: Toni Morrison
Tradutor: José Rubens Siqueira
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas: 368
Ano de Publicação: 2007
Skoob: Adicione
Compare e compre: AmazonAmericanasSubmarino

Livro mais conhecido da escritora americana Toni Morrison, prêmio Nobel de Literatura de 1993, o romance, republicado agora no Brasil, ganhou o Pulitzer de 1988 e em 2006 foi eleito pelo New York Times a obra de ficção mais importante dos últimos 25 anos nos Estados Unidos. Em 1998 recebeu uma adaptação cinematográfica, com Oprah Winfrey no papel principal. A história se passa nos anos posteriores ao fim da Guerra Civil, quando a escravidão havia sido abolida nos Estados Unidos. Sethe é uma ex-escrava que, após fugir com os filhos da fazenda em que era mantida cativa, foi refugiar-se na casa da sogra em Cincinnati. No caminho, ela dá à luz um bebê, a menina Denver, que vai acompanhá-la ao longo da história. “Amada” tem uma estrutura sinuosa, não-linear: viaja do presente ao passado, alterna pontos de vista, sonda cada uma das facetas que compõem esta história sombria e complexa. Considerado um clássico contemporâneo, faz um retrato a um tempo lírico e cruel da condição do negro no fim do século xix nos Estados Unidos.

Continue lendo »

19

mar
2019

[Resenha] As Sete Irmãs — Lucinda Riley

Título: As Sete Irmãs
Título original: The Seven Sisters
Autor: Lucinda Riley
Tradutor: Viviane Diniz
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 480
Ano de Publicação: 2016
Skoob: Adicione
Compare e compre: AmazonAmericanasSubmarino

Filha mais velha do enigmático Pa Salt, Maia D’Aplièse sempre levou uma vida calma e confortável na isolada casa da família às margens do lago Léman, na Suíça. Ao receber a notícia de que seu pai – que adotou Maia e suas cinco irmãs em recantos distantes do mundo – morreu, ela vê seu universo de segurança desaparecer.

Antes de partir, no entanto, Pa Salt deixou para as seis filhas dicas sobre o passado de cada uma. Abalada pela morte do pai e pelo reaparecimento súbito de um antigo namorado, Maia decide seguir as pistas de sua verdadeira origem – uma carta, coordenadas geográficas e um ladrilho de pedra-sabão –, que a fazem viajar para o Rio de Janeiro.

Lá ela se envolve com a atmosfera sensual da cidade e descobre que sua vida está ligada a uma comovente e trágica história de amor que teve como cenário a Paris da belle époque e a construção do Cristo Redentor.

Continue lendo »

páginas 1234567

Últimas Resenhas

Calendário de posts

abril 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019

<div class="titulo desafio-fuxicando-sobre-chick-lits-2019"><h6>Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2020 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por