[Diversos] Livros protagonizados por escritores - Minha Vida Literária
Minha Vida Literária
26

jul
2022

[Diversos] Livros protagonizados por escritores

O Dia Nacional do Escritor é comemorado dia 25/07. Separei uma lista de livros protagonizados por escritores. Bora conferir?

Romances

  • Em Leitura de verão, de Emily Henry, dois escritores de gêneros diferentes passam uma temporada juntos na praia tentando vencer o bloqueio criativo. A narrativa é leve e divertida, e o enredo conta com reviravoltas e momentos de sensibilidade.
  • Quando o amor bater à sua porta, de Samanta Holtz, traz uma escritora que precisa ajudar um desconhecido com amnésia que bate em sua porta, tendo como única pista um papel com o nome e endereço dela anotados. O livro é delicioso de ler e envolvente, de deixar o coração aquecido.
  • Com Um bestseller pra chamar de meu, Marian Keys retrata a vida de três diferentes mulheres: uma escritora, uma agente literária e uma organizadora de eventos. Ao narrar as trajetórias que se interligam, entrega humor e os bastidores do meio editorial com o estilo típico da autora. Foi um de seus livros mais fluidos que tive o prazer de ler!

  • Um verão na Itália é o primeiro livro da série As irmãs Shakespeare, de Carrie Elks. Nele, uma protagonista há anos com bloqueio criativo aceita o convite de seu padrinho para se refugiar numa villa italiana ao ficar desempregada e, lá, encontra o homem que a arruinou no passado. Em meio a um cenário paradisíaco, a leitura entrega, com leveza, envolvimento e sensualidade.
  • Em Amar é relativo, Sophie Kinsella conta a história de uma escritora que se apaixona em um retiro de escrita e que, ao retornar à sua vida rotineira, tem o romance confrontado pela realidade. O mais recente lançamento de Kinsella no Brasil não me proporcionou a melhor das experiências de leitura, mas não deixa de ser um livro com passagens tipicamente divertidas aos moldes da autora.
  • De Deborah Strougo, De Repente Nós Dois traz o romance entre dois melhores amigos, que embarcam em um cruzeiro juntos enquanto a mocinha, escritora, enfrenta um bloqueio criativo. A escrita de Strougo é muito divertida e ágil, entregando uma história que pode facilmente ser devorada.

 

Suspenses

  • A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert é o segundo romance do suíço Joël Dicker e aborda um escritor investigando um caso de assassinato que envolve seu amigo e mentor, Harry Quebert, enquanto tenta superar um bloqueio criativo. A história é extremamente bem construída e instigante, sendo daquelas que não queremos parar de ler. O livro foi adaptado como série, atualmente disponível na Globo Play.
  • O nacional O Jogo do Rato, de Dennis Vinicius, foi uma grata surpresa. Ao trazer um escritor que aceita desenvolver uma história que recebe por email sem saber que ela é um relato real de um serial killer, Vinicius me conquistou tanto pela leitura extremamente ágil e cativante que proporciona quanto por ter conseguido me surpreender com reviravoltas mesmo depois de eu ter descoberto a identidade do assassino na trama.
  • Do francês Guillaume Musso, A garota de papel é um livro que mescla aventura, suspense e romance, escrito com leveza e, até mesmo, pitadas de humor. Nele, um escritor não consegue finalizar o último volume de sua famosa trilogia por estar deprimido após o término de uma dolorosa relação. É quando uma mulher misteriosa aparece em sua casa, afirmando ser a protagonista de seu livro que saiu das páginas da história para o mundo real.

 

Não-ficção

  • Em Sobre a escrita, Stephen King narra suas memórias como escritor, relembrando sua trajetória e entregando valiosas dicas para quem deseja seguir a profissão.
  • O best-seller Comer, rezar, amar, de Elizabeth Gilbert, ganhou adaptação protagonizada por Julia Roberts. No livro, Gilbert conta o ano sabático, que tirou após um complicado divórcio, durante o qual viajou para Itália, Índia e Indonésia em busca de sua reconciliação consigo mesma.
  • Só as partes engraçadas é a autobiografia da roteirista Nell Scovell, que divide sua experiência profissional com muito bom humor e com um olhar crítico a respeito da falta de diversidade de gênero entre os roteiristas de programas de TV, meio no qual trabalhou por mais de 30 anos.




Deixe o seu comentário

Minha Vida Literária

Caixa Postal 452

Mogi das Cruzes/SP

CEP: 08710-971

Siga nas redes sociais

© 2022 • Minha Vida Literária • Todos os direitos reservados • fotos do topo por Ingrid Benício