setembro 2012 | Página 2 de 3 | Minha Vida Literária
14

set
2012

[Resenha] A Promessa – Richard Paul Evans

Título: A Promessa
Autor: Richard Paul Evans
Editora: Lua de Papel
Número de Páginas: 288
Ano de Publicação: 2011
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

Ela havia perdido todas as esperanças… e encontrou um homem que cumpre suas promessas…
Beth Cardall tem um segredo. Durante dezoito anos, ela não teve escolha senão guardá-lo para si, mas, na véspera do Natal de 2008, tudo isso está prestes a mudar.
Para Beth, 1989 foi um ano marcado pela tragédia. Sua vida estava desmoronando: sua filha de seis anos, Charlotte, sofria de uma doença misteriosa; seu casamento transformou-se de uma relação aparentemente feliz e carinhosa em algo repleto de traição e sofrimento; seu trabalho estava por um fio e ela perdera totalmente a capacidade para confiar, ter esperanças e acreditar em si mesma.
Até que, um dia extremamente frio, após atravessar uma nevasca até a loja de conveniência mais próxima, Beth encontra Matthew, um homem misterioso e encantador, que mudaria de uma só vez o curso de sua vida.

Continue lendo »

13

set
2012

Parece, Mas Não É

“Parece, mas não é” é uma coluna onde trago livros que, ao ver a capa pela primeira vez, achei tratarem de um assunto, mas, ao ler suas sinopses, descobri que não tinham nada a ver com o que pensei!

Continue lendo »

12

set
2012

Fome de Leitura

Hey peeps!
Hoje o post vai ser um pouquinho diferente.
Resolvi misturar duas coisas que eu definitivamente amo: livros e comida. Não se deixem levar pela minha magreza aparente, sou o que pode ser considerada como “magra de ruim”, “Magali” e outras denominações do tipo. Minha teoria é a de que tenho algum tipo de buraco negro no lugar do meu estômago, porque eu realmente não sei para onde vai tudo que eu como. Tenho uma dívida eterna com meu metabolismo e espero que ele nunca me abandone.
Assim sendo, por que não fazer um post guloso?
Quem nunca salivou durante a leitura por causa de algum alimento descrito que atire a primeira pedra.
Já aconteceu de eu ficar dias com vontade de comer alguma coisa só por causa de algum livro que li. Isso sem contar da minha vontade eterna de comer algumas coisas que só existem, infelizmente, na ficção.

Vamos ver algumas dessas deliciosas tentações?

AVISO: Se alguma gestante estiver lendo esse post, corra enquanto há tempo. Há sérios riscos de seu bebê nascer com cara de comida.
Depois, não diga que não avisei.

Continue lendo »

11

set
2012

[Resenha] Gregor e as Marcas Secretas – Suzanne Collins

Atenção! A resenha não contem spoilers dos livros anteriores.

Título: Gregor e as Marcas Secretas
Autor: Suzanne Collins
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 288
Ano de Publicação: 2012
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

No quarto volume da aclamada série As Crônicas do Subterrâneo, Gregor é levado a se envolver cada vez mais em uma crise que se aprofunda. Há gerações, os ratos vêm expulsando os camundongos — ou “mordiscadores” — de qualquer terra que queiram, fazendo com que eles tenham de se mudar constantemente. Mas agora os camundongos estão desaparecendo, e a jovem rainha Luxa, que é grata a eles por terem salvado sua vida, está determinada a saber por quê.

Continue lendo »

09

set
2012

Coluna da Duhau #34 – O Cotidiano da Língua

Oi, pessoal. Tudo bom com vocês? E o feriado, como foi? Aproveitaram bastante? Bom, no meu caso, o meu feriado me serviu muito bem pra descansar desse final de semestre atribulado que tô tendo depois que minha faculdade voltou da greve (pois é, ainda tô no primeiro semestre de 2012).
Mas não tô aqui pra falar dos meus problemas pessoais e sim pra trazer mais um post pra vocês sobre nossa querida língua portuguesa.
Dessa vez trouxe algumas palavras e/ou expressões que falamos no dia a dia e que, na maioria das vezes, nem percebemos que estamos cometendo algum errinho. Então prestem bem atenção para poderem ficar mais atentos no cotidiano de vocês.
Vamos lá:

Ao nível de –
Costumamos falar a nível de. Essa expressão só deve ser utilizada com o significado de à mesma altura, porém com o artigo o antecedendo o substantivo nível.
Exemplo: Gosto de estar ao nível do mar.
Qualquer outro significado que queira dar a essa expressão estará inadequado ao padrão culto de nosso idioma. Deve-se substituí-la por em termos de, em se tratando de, quanto a.
Exemplo: Em se tratando de curiosidades, essa é bem interessante. (e não A nível de curiosidades…)

– Verbo Haver –
O verbo haver pode ter muitos significado e sentidos, porém, atualmente, o usamos em dois sentidos principais, que são o de auxiliar de locução verbal e como verbo impessoal.
Locução verbal: Nesse caso tem o mesmo valor do verbo ter. (Geralmente junto de um verbo no particípio)
Exemplo: Ele tinha pedido demissão = Ele havia pedido demissão.
Verbo impessoal: Será impessoal quando tiver o significado de existir ou acontecer, ou ainda quando indicar tempo decorrido.
Exemplos: Haverá deuses enquanto alguém acreditar neles = Existirão deuses enquanto alguém acreditar neles.
Há vinte e sete anos casei-me com Joana = Casei-me com Joana faz vinte e sete anos (tempo decorrido)
– A persistirem os sintomas –
As vezes escutamos, principalmente em propagandas de remédios, a frase “ao persistirem os sintomas um médico deverá ser consultado”. Na verdade, a forma correta seria a persistirem, pois é uma frase que indica condição e não tempo, ou seja, o enfermo deverá procurar orientação médica se os sintomas persistirem e não quando os sintomas persistirem. (Ao + infinitivo = ideia de tempo)
– Ao invés de e Em vez de –
Ao invés de indica oposição, situação contrária. Em vez de significa substituição, simples troca.
Exemplos: Descemos, ao invés de subir.
Em vez de ir ao cinema, fui ao teatro.
– Nós viemos e Nós vimos –
Nós viemos é o verbo vir no pretérito perfeito do indicativo, ou seja, no passado. Nós vimos é o verbo vir no presente do indicativo.
Exemplos: Ontem, nós viemos procurá-lo, mas você não estava.
Nós vimos aqui, agora, para conversar sobre nossos problemas.
Engraçado como o português, sem a devida atenção, pode nos pregar peças, né? Por isso é imprescindível sempre estarmos nos atualizando e buscando novos conhecimentos para que possamos estar sempre a par de todas as mudanças e dessas milhões de regrinhas.
De qualquer maneira, espero que o post tenha sido útil e vocês tenha gostado.
Beijo e uma ótima semana a todos! o/
07

set
2012

[Resenha] Equinócio – A Primavera – Lu Piras

Título: Equinócio – A Primavera
Autor: Lu Piras
Editora: Dracaena
Número de Páginas: 440
Ano de Publicação: 2012
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Buscapé

“A cidade do Rio de Janeiro é o pano de fundo onde a estudante de medicina Clara vive sua rotina diária com a família e amigos. O que ela não imaginava é que tudo o que acreditava estivesse prestes a mudar, com a visita inusitada de um anjo. As força do mal ameaçam escravizar a raça humana e, para impedir, o anjo da guarda Nath-Aniel (Nate) vem à Terra, disfarçado de humano, para alertar sua protegida Clara de que sua vida está em risco. Proibido de agir em nome dos humanos e alterar seus destinos, o anjo acaba por se envolver demasiado quando revela a Clara que o pai dela, um renomado cientista, é o responsável pela descoberta que despertou as forças do mal: a fórmula da perpetuação da vida humana (criônica). Toda a missão da legião de anjos celestiais é colocada em risco quando Nate e Clara se apaixonam.”

Continue lendo »

06

set
2012

[Nada a Ver Com Livros] Vale a Pena Assistir

Oi gente!

Tecnicamente, hoje seria dia de Parece, Mas Não É, mas resolvi mudar um pouco por conta do Especial: Semana Nacional.
Para quem não viu, ontem falei um pouquinho sobre um filme nacional que é baseado em uma obra literária de Martha Medeiros: Divã, estrelado por Lília Cabral. Quem quiser, pode ver o post aqui.
Já que o assunto foi um filme, resolvi deixar pra vocês algumas indicações de filmes nacionais que eu adoro!

Há muito tempo, confesso que cheguei a ter um certo preconceito com os filmes nacionais. Isso porque eu me baseava naqueles bem antigos, que não eram nem um pouco recomendados para a minha idade, na época. Se não eram esses os filmes de que eu tinha conhecimento, eram então os infantis, principalmente da Xuxa e dos Trapalhões. Não me levem a mal, quando eu era criança adorava todos, principalmente Lua de Cristal (♫”Vamos com você, nós somos invencíveis pode crer… Todos somos um, e juntos não existe mal nenhu-um!”♪), mas, depois que cresci, eles perderam um pouco a graça.

E, então, novos filmes começaram a ser feitos e eu fui tomando conhecimento deles…

Continue lendo »

páginas 123

Últimas Resenhas

Calendário de posts

setembro 2012
S T Q Q S S D
« ago   out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019

<div class="titulo desafio-fuxicando-sobre-chick-lits-2019"><h6>Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por