[Resenha] A Padaria dos Finais Felizes — Jenny Colgan | Minha Vida Literária
12

nov
2019

[Resenha] A Padaria dos Finais Felizes — Jenny Colgan

Título: A Padaria dos Finais Felizes
Título original: Little Beach Street Bakery
Autor: Jenny Colgan
Tradução: Thaís Paiva e Stephanie Fernandes
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 336
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Um balneário tranquilo, uma loja abandonada, um apartamento pequeno. É isso que espera Polly Waterford quando ela chega à Cornualha, na Inglaterra, fugindo de um relacionamento tóxico.
Para manter os pensamentos longe dos problemas, Polly se dedica a seu passatempo favorito: fazer pão. Enquanto amassa, estica e esmurra a massa, extravasa todas as emoções e prepara fornadas cada vez mais gostosas.
Assim, o hobby se transforma em paixão e logo ela começa a operar sua magia usando frutos secos, sementes, chocolate e o mel local, cortesia de um lindo e charmoso apicultor.
A padaria dos finais felizes é a emocionante e bem-humorada história de uma mulher que aprende que tanto a felicidade quanto um delicioso pão quentinho podem ser encontrados em qualquer lugar.

A Padaria dos Finais Felizes é mais um romance de Jenny Colgan publicado na coleção Romances de Hoje, da Editora Arqueiro. Se até então os livros dessa coleção eram obras únicas — A Pequena Livraria dos Sonhos pertence a uma série de livros independentes entre si —, esse é o primeiro de uma trilogia, cujas sequências foram publicadas no Reino Unido em 2015 e 2016.

Depois de perder o namorado e o emprego, já que a empresa na qual ambos eram sócios faliu e colocou um fim no relacionamento, Polly Waterford resolveu se mudar para uma cidadezinha litorânea na Cornualha para se afastar da vida que tinha e pouco a pouco juntar os pedaços de sua vida — e coração — partidos. Dando vazão a sua paixão por fazer pães, o que começa como um hobbie logo vai modificando sua estadia e fazendo com que ela descubra novas maneiras de se viver.

Até certo ponto da leitura, a estrutura de A Padaria dos Finais Felizes é muito similar a de A Pequena Livraria dos Sonhos: uma jovem recomeçando a vida em uma cidade pequena, fazendo de seu hobbie uma profissão. E as semelhanças vão além, tendo também o desenvolvimento de um certo triângulo amoroso — com destinos de personagens quase iguais em ambos os livros — e uma das mensagens do enredo ser a de que não se pode julgar pessoas e situações de forma precipitada, já que cada uma carrega uma bagagem que pode ser desconhecida em primeiras impressões.

Apesar de autora fazer uso da mesma fórmula inicial para os dois livros, gostei mais da leitura de A Padaria dos Finais Felizes. A narrativa, também em terceira pessoa, talvez seja um pouco menos divertida do que no outro romance, mas ela me envolveu mais e, em consequência, foi mais fluida. Adorei o cenário da trama e as informações sobre a atividade pesqueira, bem como as personagens. Aliás, vale dizer que uma das minhas figuras favoritas do enredo foi o animal de estimação de Polly, cuja presença na trama tanto está ligada à reflexão sobre as coisas na vida que devemos abrir mão quanto, também, traz um ar maior de esperança para o enredo.

Algo que me surpreendeu foi como Jenny Colgan inseriu alguns acontecimentos trágicos na história, proporcionando passagens bastante delicadas na leitura. Não esperava por eles e acabei me emocionando; ainda assim, o livro como um todo é marcado pela leveza narrativa e não perde seu toque bem-humorado apesar dos momentos de maior melancolia.

Em linhas gerais, gostei mais de A Padaria dos Finais Felizes do que de A Pequena Livraria dos Sonhos e, ainda que o livro tenha final e possa ser lido de forma independente, finalizei a leitura ansiosa pela continuação, de maneira a poder voltar para a cidadezinha onde Polly mora e acompanhar os desdobramentos futuros de sua vida. É aquele típico livro em que é melhor não lê-lo se estiver com fome — as descrições dos pães feitos pela protagonista são de dar água na boca —, mas que é uma leitura ideal para um dia tranquilo que pede um romance leve, divertido e despretensioso, capaz de aquecer o coração em suas passagens mais sensíveis.

AS CAPAS DA SÉRIE LITTLE BEACH STREET BAKERY





Deixe o seu comentário

7 Respostas para "[Resenha] A Padaria dos Finais Felizes — Jenny Colgan"

RUDYNALVA - 12, novembro 2019 às (21:08)

Aione!
Pena ter gostado mais do primeiro, mas ainda assim, acho que valeu a pen a a leitura, né?
Gosto quando as séries podem ser lidas de forma independentes.
Tão bom quando lemos um bom livro no momento exato, trazendo uma montanha russa de emoções e riso frouxo.
Já me apaixonei por Neil…kkkk Aliás, amo animais e fico sempre interessada quando eles fazem parte da trama.
Mesmo que o romance não seja o foco, e sim a vida de Polly, é sempre mais um atrativo.
Gostei.
cheirinhos
Rudy

Angela Cunha - 13, novembro 2019 às (07:36)

Encantada é a única palavra que pode resumir bem o que essa coleção de Romances de Hoje da Arqueiro me faz sentir. Amo um bom romance, ainda mais se for assim, leve, descontraído, mas também com aquela pitadinha de otimismo em seu enredo.
E pelo que li acima, este livro é repleto de otimismo, de recomeço, de tentar mais uma vez!
Sem contar que dá até pra sentir o cheirinho de padaria..rs e isso já aquece a alma!!!!
Espero muito conferir ainda todos os livros dessa seleção!!!
Beijo..
Ah, as capas são umas gracinhas!

Scheila - 13, novembro 2019 às (11:17)

Aioneee!
Da coleção Romances de hoje, eu já tenho a Casa dos novos começos (mas não li ainda) e estou doidinha para ter a Padaria dos finais felizes.. Mesmo que não seja a continuação, eu quero ter os três kkkk.
Ah e sou louca para ler A pequena livraria dos sonhos né, está em minha lista para comprar a tanto tempo.. mas legal saber que você gostou mais da Padaria.. Vou ler esse primeiro kk,
E já me apaixonei pelo animal de estimação da Polly né, eu amo animais! ahaha.
Beijos.

Theresa Cavalcanti - 14, novembro 2019 às (13:59)

Olá,
Só em ler “pão” já me deixou com fome HAHAHAHA
Não conhecia essa trilogia, nem essa autora, e confesso que não estou muito na vibe romances ultimamente, mas esse livro pare cer legal.
Não sei se gosto ou não de livros que são da mesma série, mas que você pode ler eles independentemente de outro.

Maria Cecília Vieira - 18, novembro 2019 às (12:38)

Não sei se é a capa do livro ou a sinopse, mas achei um amor e já quero ler. kkkkkk Adoro quando animais fazem parte da trama, acho que eles dão sempre um tom especial à narrativa. E adorei que a capa foi mantida, porque achei linda! Com certeza já quero ler, mesmo com essa “fórmula” um pouco repetida.

Anna Mendes - 19, novembro 2019 às (09:22)

Oi Aione!
Amei a resenha!! <3
Fiquei encantada pela capa desse livro! Não li A Pequena Livraria dos Sonhos, mas estou ficando cada vez mais curiosa para conhecer a escrita da autora.
Adorei a premissa de A Padaria dos Finais Felizes! Parece ser uma leitura muito leve e gostosa de fazer. Além disso, os personagens parecem ser bem cativantes!
Já vou colocá-lo na minha lista de desejados!
Espero que a editora mantenha as capas dos próximos volumes iguais as originais, porque elas estão muito lindas! 😉
Bjos!

Fabiolla Devenz - 29, novembro 2019 às (12:48)

Lendo no último mês várias resenhas dos livros da coleção Romances de Hoje só posso dizer uma coisa: quero ler os livros para ontem!!!
Gosto de ler romances leves, gosto ler quando estou de ressaca literária e nenhum livro me agrada rsrsrs
Pelo que percebi o romance em si não é o foco principal da história, sendo a mudança de vida e o recomeço da personagem o mais focado.

Últimas Resenhas

Calendário de posts

novembro 2019
S T Q Q S S D
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019

<div class="titulo desafio-fuxicando-sobre-chick-lits-2019"><h6>Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por