#MeusQuarentextos | Relacionamentos - Minha Vida Literária
Minha Vida Literária
27

jul
2021

#MeusQuarentextos | Relacionamentos

#MeusQuarentextos é um projeto dos #EscritosDaAione sobre o período de quarentena. Esse é o 4º texto da série.

#MeusQuarentextos

Relacionamentos

Me envolvi na quarentena — se esse for o melhor termo. “Me apaixonei” é demais, mas “me interessei” não capta o quanto uma conversa pode tirar o fôlego, nem descreve uma noite insone revisitando palavras e ansiando por um futuro sem previsão de se tornar presente. Nem todo flerte provoca risadas abobalhadas e um desejo urgente. Nem todo flerte te tira do eixo. Quando isso acontece, as emoções, de repente, parecem assustadoramente reais…

Mas algo pode ser real quando não ultrapassou as telas do virtual?

Como tudo nesse período, os relacionamentos também ficaram mais nebulosos: com dinâmicas ainda mais incertas e difíceis de se definir mesmo dentro das regras gramaticais.

Como conciliar emoções com o senso de que elas são fruto de terreno frágil, semeadas nos campos do imaginário? Palavras e fotos enviadas pela rede, se dela não saem, são mera idealização. Também, existe a barreira do tempo. Enquanto se espera por quando o encontro seria possível, certa dinâmica é gerada, e uma troca de mensagens despretensiosa se fortalece na constância rotineira, transformando-se em um “mais” indefinido. Porém, avançar desse modo é como assistir a um episódio de uma série sem ter visto seus antecessores: um vínculo se cria sem bases, tornando-se incompreensível e sem abertura para diálogo. Como discutir uma relação que nem ao menos começou, e que nem pode ser assim chamada? Como falar de sentimentos quando a existência deles é precipitada?

Assim, toda intensidade culminou em um nada sem respostas. A inviabilidade fez da expectativa frustração, fez do que podia ter sido alívio uma complicação. Ainda há espera; porém, os pontos de interrogação ecoando nos espaços onde antes havia conversas são o indicativo de que, talvez, o futuro do presente tenha sido transformado em futuro do pretérito nessa relação que só existiu no subjuntivo.





Deixe o seu comentário

Minha Vida Literária

Caixa Postal 452

Mogi das Cruzes/SP

CEP: 08710-971

Siga nas redes sociais

© 2021 • Minha Vida Literária • Todos os direitos reservados • fotos do topo por Ingrid Benício