[Vídeo Resenha] O Farol de Bill Baggs — Liz Vecci | Minha Vida Literária
Minha Vida Literária
26

out
2020

[Vídeo Resenha] O Farol de Bill Baggs — Liz Vecci

E se um dia você ouve sem querer uma conversa e descobre que seu parceiro de vida te traiu?
É possível impedir que uma mentira contamine uma história de amor? O quanto as nossas cicatrizes de alma interferem na forma como analisamos os acontecimentos?
André e Carol estabeleceram um pacto de nunca mentirem um para o outro. Ele é policial, inteligente e com uma personalidade cativante, um marinheiro acostumado com mares tempestuosos. Ela é uma publicitária articulada, uma pessoa leal, um farol em terra firme.
Enquanto a história do casal se descortina as respostas óbvias não se encaixam mais.
Quando o afastamento acontece, tragédias inesperadas se interpõe no caminho. E diante do imponderável, com as emoções extenuadas, eles terão que repensar o quanto estão dispostos a ceder e depositar fé na história construída.

 

Ficha Técnica

Título: O Farol de Bill Baggs
Autor: Liz Vecci
Editora: Publicação Independente
Número de Páginas: 286
Ano de Publicação: 2020
Skoob: Adicione
Compre o eBook: Amazon
Site: O Farol de Bill Baggs

 
 

VÍDEO RESENHA: O Farol de Bill Baggs


 
 

RESENHA ESCRITA: O Farol de Bill Baggs

O Farol de Bill Baggs é o romance de estreia de Liz Vecci e primeiro de uma série ainda em produção, cujos volumes seguintes trarão como protagonistas personagens secundários desse primeiro. Além de disponível em eBook na Amazon, o livro físico pode ser adquirido diretamente com a autora.

Carol e André são o típico casal apaixonado, que ninguém consegue imaginar separado. Porém, quando Carol houve um rumor de que André poderia tê-la traído, feridas antigas são abertas, colocando à prova o amor que sentem um pelo outro.

A escrita da autora é bastante fluida e envolvente. Alternando-se entre as perspectivas dos personagens, permite ao leitor conhecer a bagagem de cada um, bem como seus anseios e fragilidades, de maneira que passa a ser mais compreensível como são afetados pelo obstáculo surgido. Um ponto positivo foi ter feito a história começar já com a exposição do conflito central, de maneira a quebrar a típica linearidade na qual o casal se conhece, se apaixona e então tem a relação interrompida por um motivo qualquer que seja. Por meio de flashbacks, retornamos aos momentos cruciais do passado de quando se conheceram e, também, ao passado anterior a terem se encontrado, de forma a ser possível compreender com mais profundidade suas vivências anteriores, as quais ajudaram a constituí-los como indivíduos.

Dessa maneira, o livro é bastante centrado no romance entre Carol e André, tendo como temática principal a questão da confiança e entrega ao outro. Também, pelo fato de André ser policial, há um pano de fundo investigativo na trama, que tanto a torna mais ágil especialmente ao final, quanto também faz do enredo mais interessante. Liz Vecci, inclusive, fez aulas de tiro para poder falar com mais propriedade sobre armas, tema mencionado em O Farol de Bill Baggs

Entre os meus pontos de menor afinidade, estão um aspecto narrativo e uma questão de visão de mundo. Em relação ao primeiro, não sei se por uma falha de revisão ou por escolha de estilo de Liz Vecci, há a presença da terceira pessoa com verbos no passado até cerca de 30% do livro, com o restante sendo constituído em primeira pessoa no presente. Apesar do estranhamento causado na transição de uma para outra e de ter preferido a escrita em terceira pessoa, a narrativa em primeira funciona bem no romance. Em relação à visão de mundo, os pontos levantados sobre feminismo, bem como a presença de certa rivalidade feminina na história, não são aquilo que enxergo e defendo. De qualquer maneira, eles fazem parte da construção dos personagens e representam os lugares que ocupam na sociedade, não sendo um problema do livro — apenas uma menor afinidade com minha leitura pessoal.

Para quem procura um romance ágil e com uma bela mensagem sobre amor, O Farol de Bill Baggs é uma leitura que cativa especialmente pela sintonia entre Carol e André, cuja relação é pautada no sentimento sincero um pelo outro. As várias referências musicais, bem como os estrangeirismos e cenários estadunidenses, fazem da leitura, também, mais recheada.





Deixe o seu comentário

6 Respostas para "[Vídeo Resenha] O Farol de Bill Baggs — Liz Vecci"

RUDYNALVA CORREIA SOARES - 26, outubro 2020 às (20:33)

OI AIONE!
Casal perfeito é ótimo em romance.
Bom quando os livros da série são independentes.
Trazer conflitos emocionais é importante para poder se ajustar o relacionamento.
Gosto quando intercala passado e presente.
Quer dizer que vai haver um suspense de policial também?
Estrangeirismos? Prefiro quando o livro é nacional, seja todo construído por aqui, mas se tem outros países, o jeito é ler.
Deve ser um romance bem embasado e gostoso de ler.
cheirinhos
Rudy

Angela Cunha - 27, outubro 2020 às (07:26)

Que delícia ver o vídeo no canal!!!
Eu sou uma eterna romântica e de vez em sempre me surpreendo de ter um coração rs
Adoro um romance assim, que já pode começar em conflito sim, mas que pouco a pouco, vai retirando as camadas o casal carrega. Não somente o amor entre eles, mas o que aconteceu antes, os motivos de dúvidas e talvez, a solidez do sentimento!!!
Ainda não conhecia o livro, por isso, já quero muito ter esse livro lindo em mãos!!!!
E é tão lindo quando um autor(a) faz um trabalho de pesquisa assim, pra trazer algo sólido e já fiquei curiosa em relação a trilha sonora! rs
Beijo

Anna Mendes - 27, outubro 2020 às (09:01)

Oi Aione!
Que bacana conhecer mais um romance nacional!
Gostei da premissa. Parece ser uma história intensa e bem emocionante.
Fiquei curiosa para saber como são essas cenas policiais. Deve dar um toque mais dinâmico para a trama.
Já li alguns livros com essa narrativa misturada e, quando essa mudança não é bem marcada, também acaba me incomodando e me confundindo.
Fiquei curiosa para fazer a leitura e conhecer a escrita da autora.
Bjos!

Eliane - 28, outubro 2020 às (14:22)

UM romance que pretendo ler pois pelo que li da trama parece que ha muito companheirismo entre o casal issso e táo importante nos romances .parabens a autora por trazer isso .De colocar o amor a uniáo a sinceridade como alicerce para o relacionamento do casal

Scheila - 30, outubro 2020 às (10:00)

Oi, Aione!
Mais um romance nacional maravilhoso pelo jeito!
Adoro ler histórias com flashbacks, ir conhecendo o casal através disso.. E super legal já começar com o conflito deles e logo ir tudo se acertando.
Não me recordo de ler livros com essa narrativa misturada, parece um pouco confusa.. Mas acredito que para mim não vai interferir muito.
Já vai para a lista de desejados!
Beijos

Ana I. J. Mercury - 31, outubro 2020 às (21:08)

Oi, Aione
Não gosto de livros que têm traições, então acho que não lerei mesmo .
Mas o casal parece ter sim sentimentos sinceros e que buscam ficar juntos, apesar dos pesares.
A capa é bem bonita.
Bjs

Minha Vida Literária

Caixa Postal 452

Mogi das Cruzes/SP

CEP: 08710-971

Siga nas redes sociais

© 2020 • Minha Vida Literária • Todos os direitos reservados • fotos do topo por Ingrid Benício