Coluna da Duhau #37 - Usos do Porquê | Minha Vida Literária
21

out
2012

Coluna da Duhau #37 – Usos do Porquê

Oi, pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim. ^^ Bom, a coluna dessa semana traz como tema o uso do porquê. Sei que a gente aprende isso lá atrás, mas uma hora ou outra acabamos nos confundindo de vez em quando, não é mesmo?
De qualquer maneira, espero que vocês apreciem o post e que ele seja útil pra vocês de alguma forma. Vamos a ele:

– Porquê –
Regra: É um substantivo, portanto só poderá ser utilizado quando for precedido de de artigo (o, os), pronomes adjetivos (meu, este, esse, aquele, quanto…) ou numeral (um, dos, três…).
Exemplos: 

  • Ninguém entende o porquê de tanta confusão.
  • Este porquê é um substantivo. 
  • Quantos porquês existem na língua portuguesa?
  • Existem quatro porquês.
– Por quê –
Regra: Sempre que a palavra que estiver em final de frase, deverá receber acento, não importando qual seja o elemento que surja antes dela.
Exemplos: 
  • Ele não me ligou e nem disse por quê.
  • Você está rindo de quê?
  • Você veio aqui para quê?
– Por que –
Regra: Usa-se por que quando houver a junção da preposição por com o pronome interrogativo que ou com o pronome relativo que. Para facilitar, pode-se substituí-lo por por qual razão, pelo qual, pela qual, pelos quais, por qual.
Exemplos:
  • Por que não me disse a verdade? = por qual razão
  • As causas por que discuti com ele são particulares. = pelas quais
  • Mariana é a mulher por que vivo. = pela qual
– Porque – 
Regra: É uma conjunção subordinativa causal ou uma conjunção subordinativa final ou conjunção coordenativa explicativa, portanto ligará duas orações, indicando causa, explicação ou finalidade. Para facilitar, pode-se substituí-lo por já que, pois ou a fim de que.
Exemplos:
  • Não saí de casa, porque estava doente. = já que
  • É uma conjunção, porque liga duas orações. = pois
  • Estudem, porque aprendam. = a fim de que
Existem quatro uso do porquê, portanto não é tão difícil assim, né? Bom, de todo jeito, espero que tenham gostado do post de hoje. ^^
Beijão e uma ótima semana a todos! o/




Deixe o seu comentário

15 Respostas para "Coluna da Duhau #37 – Usos do Porquê"

Midiã - 21, outubro 2012 às (17:58)

Gostei do post, muito util, principalmente para nós que somos blogueiros. Esses porquês confundem agente. Haha.

Beijos!
Me visita?

http://livrosfilmesetal.blogspot.com.br/

Ana Ferreira - 21, outubro 2012 às (18:00)

Quanto aos porquês, ouso dizer que estou segura. Todos os anos os professores do Ensino Médio reforçam esse enfoque gramatical e, ao final, a gente acaba se familiarizando. Mas as dicas, de fato, são sempre muito bem-vindas quando aquela confusão momentânea passa pelas nossas cabeças.
O ponto foi muito bem explicado, simples e direto 😉
Beijo e bom domingo!

Natália Alves - 21, outubro 2012 às (18:33)

Eu sempre acabo esquecendo a regrinha para o uso dos porquês, preciso checar antes pra ter certeza.Adorei o post, é bom lembrar (de novo) quando devo usar cada um dos porquês rs’

Beijo;*
Naty.

Samantha M. - 21, outubro 2012 às (19:57)

Olá!!

que encantador sua iniciativa dessa coluna! Adorei e parabéns. 🙂

Beijos,

Samantha Monteiro
Word In My Bag
http://wordinmybag.blogspot.com.br/

Julia G - 21, outubro 2012 às (23:18)

Nossa, essa foi uma matéria que eu demorei séculos a aprender, mas que hoje eu adoro. E é uma coisa que usamos tanto, que fica necessário sabermos como usar.

Beijos

Natalia Dantas - 22, outubro 2012 às (00:04)

OI!

Mesmo que eu tenha “decorado” como cada um porque deve ser usado, acabo por vez me confundindo algumas vezes, o post foi muito util!

Beijos :*
http://musicaselivros.blogspot.com.br/

Lili - 22, outubro 2012 às (11:24)

Tá aí algo que incorporado em mim. O problema sai quando quero escrever bilhetes ou recordinhos onlines. Aí vejo que meus porquês saem sempre juntos… Mas muitos deles deveriam ser separados.

liliescreve.blogspot.com

✿Nessa✿ - 22, outubro 2012 às (12:35)

Oie!
Sabe, isso é uma dúvida que sempre tenho, ainda hj estava escrevendo um post e fiquei na dúvida!

Gostei do post!

Bjinhs*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Nuvem de Letras - 22, outubro 2012 às (14:11)

Olá
Muito útil esse post
Lembro que quando tive que gravar essa história do uso do “pq”, não foi tão fácil. Acho que é uma dúvida que muita gente tem, ou às vezes até sabe, mas acaba se enrolando um pouco.
Mas até que enfim aprendi =]

Beijão
Daisy – nuvem de letras

Sora Seishin - 22, outubro 2012 às (17:43)

Oi Aione!
Adoro as colunas da Duhau e com essa não foi diferente. É sempre bom lembrar essas regrinhas, para não nos confundirmos.

Beijos,
Sora – Meu Jardim de Livros

Lucas Martins - 22, outubro 2012 às (18:41)

Hahhaha adoroooo os porquês. Muitas vezes erramos, é até normal, mas é interessante saber o porquê de cada porquê ter um porquê. Ok, foi brincadeirinha a história de 3 porquês numa frase só 😛
Beijão!

MAX - 22, outubro 2012 às (21:46)

Olá Aione, Duhau,

Ótimas explicações. Em verdade a nossa amada língua portuguesa é bem difícil, dizem que ela é uma das primeiras em grau de dificuldade. Enfim, às vezes fico realmente com dúvidas em relação ao uso dos porquês, dá aquele branco, sabe?

Gostei muito das dicas.

Bjs.

Preto no Branco - 23, outubro 2012 às (02:11)

Oláá!!
Confesso que apesar de portuguẽs ser a minha matéria favorita e de geralmente me dá bem na maioria das provas ou redações que faço/fiz na vida, evito bastante o uso dos porquês por ter medo de usar de forma errada, geralmente uso outra palavra de mesmo sentido para substituir, sabe? Foi super útil, viu? haha.
BEijo!

Fernanda - Trilhas Culturais - 27, outubro 2012 às (17:38)

Ótimooo post , até coloquei o link no twitter. 🙂

Naah doida - 28, outubro 2012 às (04:21)

Achei super útil,mas isso é uma coisa q eu tenho dificuldade de aprender, é tipo ‘f’ e ‘v’ sempre confundo,são coisas difíceis pra mim…Kkkk

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por