[Vídeo Resenha] Lembranças — Munir Charruf - Minha Vida Literária
Minha Vida Literária
31

jan
2022

[Vídeo Resenha] Lembranças — Munir Charruf

Através de Raquel, e de seu acordar sem lembranças, você, leitor e leitora, será sugado para uma realidade cruel, onde a regra é literalmente “um dia de cada vez”, pois, neste lugar, ninguém se recorda do dia anterior.
Para garantir a ordem neste mundo, os Lembrantes, através de telas, controlam, vigiam e orientam as pessoas sobre como será o dia de cada um.
Com tanta tecnologia, um bilhete, que Raquel encontra em suas coisas, será uma ferramenta para recobrar, aos poucos, sua memória, e um passaporte para embarcar em uma jornada em busca de respostas.

 

Ficha Técnica: Lembranças

Título: Lembranças
Autor: Munir Charruf
Editora: Giostri
Número de Páginas: 140
Ano de Publicação: 2022
Skoob: Adicione
Compre: Editora Giostri

 
 
 

Vídeo Resenha


 

Resenha Escrita

Lembranças é o primeiro livro da trilogia distópica de Munir Charruf e, também, romance de estreia do autor, que já tinha publicado pela Giostri as antologias de contos Histórias Soltas e Faces da Guerra.

Raquel vive em uma sociedade na qual, todos os dias, as pessoas acordam sem lembranças. Controladas pela tecnologia que lá existe, que as informam de seus ofícios e identidades, vivem dia após dia a mesmice de uma vida sem vínculos com passado, presente e com outros seres humanos. Até que Raquel passa a receber misteriosas pílulas para tomar no lugar das que recebe diariamente. Ao fazer a troca, suas lembranças passam pouco a pouco a retomar, desencadeando uma série de eventos em sua vida.

Em terceira pessoa, a narrativa acompanha a perspectiva de Raquel. A escrita de Munir Charruf é ágil e direta, proporcionando uma leitura que envolve rapidamente. Interessante como, em alguns momentos, o autor faz uso da repetição para representar a rotina a que a protagonista está submetida. Também, como o livro começa com o despertar de Raquel em uma manhã, vamos nos situando com ela do universo onde ela vive, experimentando suas mesmas incômodas sensações.

Sendo o livro introdutório da trilogia, Lembranças traz a apresentação da sociedade distópica que será mais bem desenvolvida nos volumes posteriores da série. Por hora, assim como é impossível à Raquel ter mais informações sobre onde vive, o leitor também permanece no escuro. Ainda assim, Munir Charruf aos poucos constrói o enredo e sua ambientação, inserindo momentos de flashback que tanto aguçam a curiosidade quanto dão pistas do que pode ter acontecido antes dessa nova sociedade se formar. Mais ao final do romance, as reviravoltas e acontecimentos repletos de tensão dão novo gás narrativo, proporcionando uma leitura ainda mais ágil e que culmina em um final de, no mínimo, nos deixar ansiosos pelo próximo livro.

Um recurso importante de Lembranças é a intertextualidade com Matrix através do uso de pílulas azuis e vermelhas no enredo. Assim, o tema central do romance se faz ainda mais evidente: as consequências da falta de consciência de uma sociedade — e a escolha entre a alienação ou não. Há, sim, a discussão do impacto da ausência de memórias na vida individual, como a perda da identidade e inexistência de relações interpessoais, mas o principal está nas consequências em camada coletiva. Sem consciência, uma sociedade se torna muito mais manipulável, explorada e passiva diante de sua condição — reflexão essa que faz paralelo com a questão de falta de consciência de classe, por exemplo, em nossa própria sociedade. Não é difícil chegar a essa conclusão a partir da máxima repetida à exaustão no livro: “O trabalho liberta; obediência é felicidade”.

Em linhas gerais, Lembranças me proporcionou uma leitura ágil, envolvente e interessante pelas reflexões proporcionadas, e que certamente me deixou curiosa pelas continuações, nas quais mais do universo criado por Munir Charruf será criado. De qualquer maneira, já é possível observar a crítica a governos totalitários e à chamada de atenção para os problemas proporcionados pela falta de consciência sobre o que se vive. Fica o alerta de conteúdo sensível em algumas passagens que trazem situações de abuso e assédio sexual.





Deixe o seu comentário

Minha Vida Literária

Caixa Postal 452

Mogi das Cruzes/SP

CEP: 08710-971

Siga nas redes sociais

© 2022 • Minha Vida Literária • Todos os direitos reservados • fotos do topo por Ingrid Benício