Querido X | #CartasParaQuemAmei | Minha Vida Literária
Minha Vida Literária
20

set
2020

Querido X | #CartasParaQuemAmei

#CartasParaQuemAmei é um projeto dos #EscritosDaAione reunindo textos sobre amores passados. Esse é o sétimo — e penúltimo — texto da série, publicado originalmente no Instagram.

 #CartasParaQuemAmei

Querido X,

Talvez você nem devesse estar aqui. Você entrou na minha vida como uma curta respiração: puxei o ar, você me ofereceu tudo aquilo que eu vinha buscando; expirei, você tinha mudado de ideia.
Não houve tempo para você ser um amor, mas houve tempo de eu desejar e acreditar que você se tornaria um, o que fez toda a diferença.
Se eu te escrevo agora é para tirar de mim os resquícios que ainda incomodam e para procurar um jeito de compreender o motivo disso tudo. Se te escrevo, é para tentar solucionar essa incógnita que você se tornou.

Cada vez mais me apego à ideia de que ninguém cruza nosso caminho por acaso, então por que você teria cruzado o meu?
Quanto mais penso nisso, mais chego à conclusão de que nosso encontro possibilitou meu encontro comigo mesma. Eu estava um perfeito caos quando você chegou e, assim que partiu tão inesperadamente e sem cuidados, eu me senti ainda mais perdida.

Mas essa é a questão, não é? Porque, quando você se vê em um labirinto, só tem duas opções: permanecer nele ou encontrar a saída. E se tem algo que eu tenho certeza sobre mim é que jamais me permiti ficar em nada que eu tivesse consciência de não me fazer bem.
É, eu vinha buscando meus caminhos quando você apareceu e sou grata pelas novas perspectivas que você me proporcionou. O olhar mais simples e verdadeiro que agora busco em grande parte aprendeu ser assim com seu modo de ver o mundo.

Retomei o fôlego, mas ainda não me curei o suficiente para que a mágoa tenha deixado de existir. Contudo, quando isso acontecer, vou ter ainda mais certeza de que, assim como essa carta demonstra, nosso encontro, no fim das contas, não teve tanto a ver com você. Teve tudo a ver comigo.





Deixe o seu comentário

8 Respostas para "Querido X | #CartasParaQuemAmei"

Angela Cunha - 21, setembro 2020 às (07:23)

A penúltima já??
Eu acredito que cada pessoa que passe por nossa vida, mesmo que faça sim, um pouco de estrago, precisou estar ali. Pode se pensar que não marcou,mas marcou. Tanto que foi lembrado.
Não por ele, não pelo que causou. Mas pelo que te transformou!!!!
Beijo

Amanda Braga de Almeida - 21, setembro 2020 às (08:09)

Mais um texto lindo/ meio triste que me identifiquei haha estou rindo de nervoso. Acho que já até comentei em alguma outra carta aqui, sobre esses “acho que agora vai!!!”, mas que não foram.. São os piores. A parte boa é que no final é tudo sobre a gente mesmo, né? Muito boa essa outra perspectiva que você trouxe, sabia que eu tinha crescido e aprendido BASTANTE, mas me pegava focando só nele mesmo (adoro que toda carta eu faço uma reflexão e já deixo um desabafo hahah).
Beijos

Theresa Cavalcanti - 21, setembro 2020 às (09:23)

Seus textos são muito bonitos, Aione.
A pessoa acaba se identificando muito com alguns….

Beijos

Anna Mendes - 21, setembro 2020 às (13:34)

Oi Aione!
Mais um texto delicioso de ler. Mas não consigo acreditar que já é o penúltimo.
Já me acostumei a ler algo seu toda semana hehe
“Mas essa é a questão, não é? Porque, quando você se vê em um labirinto, só tem duas opções: permanecer nele ou encontrar a saída. E se tem algo que eu tenho certeza sobre mim é que jamais me permiti ficar em nada que eu tivesse consciência de não me fazer bem.”
Adorei essa parte. Fez todo o sentido pra mim. Cada acontecimento, por menor ou mais rápido que seja, sempre nos transforma, não é?
Bjos!

RUDYNALVA CORREIA SOARES - 21, setembro 2020 às (22:20)

Aione!
Vejo que a cada nova carta, se desvenda suas descobertas, mesmo que passageiras pelo caminho.
Acredito que o amor, mesmo os passageiros, surgem em nossas vidas pelo acaso, mas sempre deixam um pouco de si e leva um pouco de nós…
cheirinhos
Rudy

eliane - 22, setembro 2020 às (23:16)

Mais um belo texto Aione .
E assim mesmo sempre aprendemos mais .sempre podemos tirar algo bom mesmo de uma situaçao adversa

Scheila - 23, setembro 2020 às (14:18)

Ahhhhh como assim o penúltimo já??? Que triste, eu amo tanto esses textos!
Cada um que entra em nossa vida, mesmo que por um período muito curto, tem sua importância e nos deixa marcas.
Muitas vezes essas marcas não são boas, mas elas veem para nos ensinar algo, nos fazer amadurecer. Como o querido X.. Foi rápido e intenso demais.
Lindo, ah o amor!

beijos.

Elizete Silva - 29, setembro 2020 às (21:52)

Olá! Estou acompanhando as publicações lá no ig, e é quase impossível não se identificar com algumas escritas aqui, lindo demais e ótimo para refletir, pena que está acabando!!!

Minha Vida Literária

Caixa Postal 452

Mogi das Cruzes/SP

CEP: 08710-971

Siga nas redes sociais

© 2020 • Minha Vida Literária • Todos os direitos reservados • fotos do topo por Ingrid Benício