#MeusQuarentextos | Medos - Minha Vida Literária
Minha Vida Literária
13

jul
2021

#MeusQuarentextos | Medos

#MeusQuarentextos é um projeto dos #EscritosDaAione sobre o período de quarentena. Esse é o 2º texto da série.

#MeusQuarentextos

Medos

Estar confinada me isolando da morte me deixou ávida por vida…

Pela janela do quarto, me deparo com os muros que delimitam meu único espaço há tantos meses e fecho os olhos para enxergar as ondas que sonho reencontrar, quase conseguindo sentir a areia por entre os dedos do pé. Penso em lugares que desejo conhecer, me arrependo de convites que um dia recusei. Imagino uma realidade alternativa na qual eu seguiria com os conflitos e vivências de antes, reclamando de dissabores sem ter ideia de quão sortuda eu era por não conhecer essa nova realidade, que ainda parece tão irreal. Recordo como era, em outra vida, rir entre amigas e sonho em abraçá-las, dançando entre luzes de bares noturnos. Imagino na pele a sensação de ser tocada e, na pulsão do desejo, encontro mais uma manifestação de que ainda existo. Encaro fotos das crianças que nasceram sem que eu pudesse tê-las conhecido, e elas tanto mostram que a vida continua quanto registram a passagem do tempo enquanto crescem. Com toda fé que há em mim, rezo para que esse inferno acabe, e sinto a esperança fluir como uma pequena prévia de um paraíso que ainda parece tão distante.

… Mas a verdade é que tenho medo de quem vou me descobrir ser quando tudo isso acabar. Temo que a rotina que hoje me aprisiona não tire de mim suas correntes, e eu recuse, ainda que de forma inconsciente, encarar a vida por ter me esquecido como é fazer parte dela. Tenho medo de que a ansiedade me sufoque quando eu estiver mais uma vez rodeada pelo calor da humanidade, tenho medo de me acomodar por entre os muros da minha vizinhança por não mais cogitar que há todo um mundo de descobertas além deles. Tenho medo de que as marcas dos horrores de hoje me ceguem para as belezas que um dia vi.

Tenho medo do que está por vir, mas tenho ainda mais medo desse “por vir” nunca chegar.





Deixe o seu comentário

Uma resposta para "#MeusQuarentextos | Medos"

Angela Cunha - 14, julho 2021 às (07:29)

Pude viajar contigo além do que se vê pela janela.
Eu tenho medo, muito medo do depois, se esse depois chegar. Medo de não saber mais conversar com as pessoas. Eu que sempre fui muito reclusa, me tornei ainda mais prisioneira de mim mesma e tenho vivido tentativas falhas de encontrar pessoas reais.
Isso me assusta.
Beijo

Minha Vida Literária

Caixa Postal 452

Mogi das Cruzes/SP

CEP: 08710-971

Siga nas redes sociais

© 2021 • Minha Vida Literária • Todos os direitos reservados • fotos do topo por Ingrid Benício