[Resenha] Todas as Suas (Im)Perfeições – Colleen Hoover | Minha Vida Literária
Minha Vida Literária
23

dez
2019

[Resenha] Todas as Suas (Im)Perfeições – Colleen Hoover

Título: Todas as Suas (Im)Perfeições
Título original: All Your Perfects
Autor: Colleen Hoover
Tradutor: Adriana Fidalgo
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 304
Data de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSaraivaSubmarino

Uma história de amor perfeita é suficiente para manter vivo o casamento entre duas pessoas imperfeitas?
O acaso uniu Quinn e Graham duas vezes. A primeira delas, no que consideraram o pior dia de suas vidas, quando ela descobriu às vésperas do casamento que estava sendo traída pelo noivo e ele, pela namorada que pretendia pedir em casamento. A segunda, meses depois, em meio a encontros ruins.
Deste reencontro surgiu um amor profundo e um relacionamento perfeito… ou talvez nem tanto. Com o passar dos anos e a frustração por não conseguirem ter filhos, Quinn e Graham acumularam silêncios e desconfianças. O casal se encontra no centro de um furacão, e seu futuro depende das promessas feitas quando o casamento ainda parecia uma praia paradisíaca.

Quando pego algum livro de Colleen Hoover, tenho duas certezas sobre como será minha leitura: ininterrupta e emocional. Todas As Suas (Im)Perfeições não apenas cumpriu com os dois requisitos quanto ganhou o posto de meu livro favorito da autora. 

Quinn e Graham se conheceram no pior dia de suas vidas. Porém, o infeliz acontecimento foi ressignificado pela intensa conexão que surgiu entre os dois. Extremamente apaixonados, acabam se casando e vivendo um relacionamento dos sonhos. Contudo, quando decidem que estão prontos para ter uma criança, os problemas de fertilidade de Quinn e a impossibilidade de Graham em adotar por conta de um erro em seu passado vão pouco a pouco desgastando a relação entre eles.

Peguei o livro no final de uma noite apenas para iniciar a leitura. Quando percebi, eram pouco mais de duas da manhã e eu estava, aos prantos, virando a última página. No fundo, a noção de que a experiência seria essa já existia em mim antes mesmo de eu começar; a narrativa de Colleen Hoover é sempre tão envolvente e fluida que surpreendente é quando levo mais de um dia para concluir algum de seus romances.

No caso de Todas As Suas (Im)Perfeições, o que faz da leitura ainda mais instigante é a maneira de como o enredo foi estruturado. Os capítulos se alternam entre Antes, apresentando o início da relação entre Quinn e Graham, e Depois, quando os dois já estão casados há anos e sofrendo as consequências da impossibilidade de gestação. Sempre pela perspectiva de Quinn em primeira pessoa, a justaposição dos capítulos torna gritante e brutal as diferenças ocorridas no casamento, e nos vemos ávidos por alternar entre os dois momentos: ao mesmo tempo em que o Antes causa o conforto de um início feliz, a angústia do Depois provoca uma necessidade de se saber como o conflito será resolvido — se é que isso será possível.

Apesar de, aqui, encontrarmos personagens mais velhos do que normalmente são os protagonistas nas obras da autora, o estilo de Colleen Hoover é inconfundível: ela sabe despertar os mais diversos sentimentos no leitor, assim como sempre oferece diálogos cativantes e relações apaixonadas entre seus protagonistas, aspectos que se fazem presente com maestria em Todas As Suas (Im)Perfeições. Além disso, o romance transborda sensibilidade ao construir as nuances da personalidade de Quinn e Graham: suas dores — e imperfeições — tornam não apenas os protagonistas reais, mas especialmente o relacionamento que vivem. É impossível não se imaginar na pele dos dois, naquele instante em que se olha para trás e se pergunta “Mas como foi que chegamos aqui?”. De maneira alguma fica um buraco na trajetória que a autora constrói; ao contrário, cada passo é tão bem dado que o casamento, mesmo se desfazendo, parece sólido a quem lê.

Assim que terminei a leitura, me permiti sentir com ainda mais intensidade tudo aquilo que Todas As Suas (Im)Perfeições me proporcionou. Colleen Hoover me fez pensar em minhas próprias atitudes ao buscar imperfeições nos outros e nas mais diversas situações, além de me deixar apaixonada por Quinn e Graham. A força e, especialmente, o amor entre os dois é de aquecer o coração e de se sofrer por todas as provações a que são submetidos. Fiquei encantada pela história, com a sensação de que, mais do que uma leitura, acompanhei uma lição de vida.





Deixe o seu comentário

13 Respostas para "[Resenha] Todas as Suas (Im)Perfeições – Colleen Hoover"

dileise cristina - 23, dezembro 2019 às (22:12)

É simplesmente maravilhoso. Como vc disse “é impossível não se imaginar na pele dos dois”. Achei a história tão profunda. O amor e a força deles nos ensinam muito.

RUDYNALVA CORREIA SOARES - 23, dezembro 2019 às (23:24)

Aione!
Já quero ler o livro porque passei pelo que a protagonista passa na história.
Nunca pude ter filhos biológicos e isso doeu muito, durante muito tempo. Minha sorte é que não me fechei e mantive o relacionamento com diálogo e compreensão do marido e pude descobrir que podemos ser mães de outras formas, como aconteceu comigo.
É doloroso, mas não impossível, o amor materno está dentro de nós, basta que o canalizemos para outros que precisam desse amor.
cheirinhos
Rudy

Angela Cunha - 24, dezembro 2019 às (07:51)

Minha relação com Colleen é meio amor e birra! Ela tem isso, é extrema. Nos coloca dentro do enredo, com toda a gama de sentimentos que suas histórias tem, por isso, sempre tenho medo de suas obras..rs(mas sempre leio)
Ainda não tive oportunidade de conferir este último trabalho da autora,mas não vejo a hora de poder fazer isso, ainda mais com uma resenha tão cheia de sentimentos assim!
Já quero saber como o casal fez para mudar tudo isso e ao mesmo tempo, já torcendo para que o amor supere tudo!
Lerei!
Beijo

Verônica Vieira - 26, dezembro 2019 às (07:59)

Gosto muito de Colleen Hoover, ja li praticamente todos, sempre com um tema delicado atrás do romace… Esse ja está na minha lista.

ANA CAROLINA DE ARAUJO ALVES - 26, dezembro 2019 às (15:42)

Oi, Aione.
Colleen Hoover ainda não me conquistou como leitora, apesar de ter gostado das minhas duas experiências, não me senti tão arrebatada como todos descrevem. Gostei da temática deste livro porque achei bem mais madura, vou adicionar a minha lista.
Feliz Ano Novo <3

Elizete Silva - 27, dezembro 2019 às (22:40)

Olá! Confesso que tenho uma relação de amor e ódio com a autora (risos). Seus últimos lançamentos não me agradaram tanto assim, por isso, não me empolguei muito em relação a essa história #sorry, quem sabe um dia desses não me arrisco novamente a ler algo da CoHo.

Anna Mendes - 28, dezembro 2019 às (13:45)

Oi Aione!
Amei a sua resenha!! <3
Que legal saber que Todas as Suas (Im)Perfeições se tornou o seu livro favorito da Collen Hoover!
Isso me deixou muito empolgada para conhecer essa história, que parece ser tão envolvente e emocionante.
Até agora eu só li Novembro, 9. Eu gostei da leitura, mas acho que as minhas expectativas estavam altas demais! Hehe
Tenho muita vontade de ler outros livros da autora e acho que Todas as Suas (Im)Perfeições vai para o topo da lista! 😉
Bjos!

Rayane - 28, dezembro 2019 às (17:14)

Sou extremamente apaixonada pela Colleen Hoover, fiquei ainda mais empolgada quando li que ele ganhou o seu posto de livro preferido da autora. A edição é linda e a história me deixou curiosa para saber mais sobre a história desses personagens e esses momentos de conflitos deles. Gostei do enredo e estou curiosa saber o desenrolar dessa história.

Rayane B. de Sá - 29, dezembro 2019 às (16:49)

Oiii ❤ Quero tanto ler esse livro! Eu amo a escrita da Colleen Hoover e estou animada sobre essa leitura desde que o livro foi lançado, já que ela é uma das minhas escritoras favoritas.
Também costumo ler rápido os livros da autora, já que ela prende tão bem a atenção do leitor, que não dá pra parar de ler.
É tão triste que o casamento tão bonito de Quinn Graham comece a ruir por eles não conseguem ter um bebê, espero que tudo dê certo no final.
Gostei que o livro alterna entre o antes e depois, pois assim dá para o leitor entender melhor o que aconteceu.
Espero fazer essa leitura em breve.
Beijos ❤

Fabiolla Devenz - 30, dezembro 2019 às (19:05)

Não li o livro ainda, mas pelas resenhas que li até agora considero o livro um grande divisor de águas, ou você ama ou você odeia. Li resenhas elogiando o livro e a construção do enredo, já outras que criticou e considerou o comportamento da Quinn infantil, apesar de tudo.
Acho que só lendo para saber se gosta ou não dessa escrita.

Scheila - 06, janeiro 2020 às (10:08)

Oii, Aione!

Eu já começo amanda os livros da Collen e fiquei apaixonada e curiosa para ler esse em saber que ganhou o posto de melhor livro dessa autora para você!
A historia que traz uma lição de vida para nós é muito bom.. quero muito ler.

Beijos

luana - 16, janeiro 2020 às (23:42)

COMENTÁRIO COM SPOILER

Vocês perceberam no final do livro que a SEIS ( do livro “ a procura da Cinderela”) é CITADA? Lembrando que ela foi grávida para a Itália e deu seu filho para a adoção.

Ninguém percebeu isso??? Com certeza ela deu o filho para eles, já que a sua professora de intercâmbio é irmã da Quinn. Amo quando as histórias se misturam! 😍😍😍😍🙏

Carol Carvalho - 17, maio 2020 às (11:20)

Eu amei a resenha sobre o livro, me deixou com muita vontade de ler. Aliás, irei comprar já 😍

Minha Vida Literária

Caixa Postal 452

Mogi das Cruzes/SP

CEP: 08710-971

Siga nas redes sociais

© 2020 • Minha Vida Literária • Todos os direitos reservados • fotos do topo por Ingrid Benício