[Resenha] Um Marido de Faz de Conta – Julia Quinn | Minha Vida Literária
22

fev
2019

[Resenha] Um Marido de Faz de Conta – Julia Quinn

Título: Um Marido de Faz de Conta
Título original: The Girl with the Make-Believe Husband
Autor: Julia Quinn
Tradução: Thaís Paiva
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 304
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compre: Amazon ♥ AmericanasSubmarino

Depois de perder o pai e ficar sabendo que o irmão Thomas foi ferido durante uma batalha nas colônias, Cecilia Harcourt tem duas opções igualmente terríveis: se mudar para a casa de uma tia solteira ou se casar com um primo vigarista. Então ela cruza o Atlântico, determinada a cuidar de seu irmão pelo tempo que for necessário. Só que, após uma semana sem conseguir localizá-lo, ela acaba encontrando seu melhor amigo, o lindo oficial Edward Rokesby. Ele está inconsciente, precisando desesperadamente de cuidados, e Cecilia promete salvar a vida desse soldado, mesmo que para permanecer ao lado dele precise contar uma pequena mentira…
Quando Edward recobra a consciência, não entende nada. A pancada na cabeça o fez esquecer tudo que aconteceu nos últimos três meses, mas ele certamente se lembraria de ter se casado. Apesar de saber que Cecilia Harcourt é irmã de Thomas, eles nunca foram apresentados. Mas, já que todo mundo a trata como esposa dele, deve ser verdade.
Cecilia coloca o próprio futuro em risco ao se entregar completamente ao homem que ama. Mas quando a verdade vem à tona, Edward talvez também tenha algumas surpresas para a nova Sra. Rokesby.

Um Marido de Faz de Conta é o segundo livro da série Os Rokesbys de Julia Quinn, que, dessa vez, inovou ao mudar o cenário da história: em vez de nos depararmos com a Inglaterra do final do século XVIII, temos os EUA em plena Guerra de Independência.

Cecilia Harcourt foge para os EUA em busca de seu irmão, Thomas, após a notícia de que ele foi ferido em uma batalha. Porém, quem ela encontra é o amigo de Thomas, Edward Rokesby, que está inconsciente em um hospital. Certa de que ele precisa de ajuda e de que poderá ser útil na busca pelo irmão, ela se declara casada com Edward. Quando ele enfim acorda, sem memória dos últimos meses, a pequena mentira de Cecilia cresce sem proporções, trazendo consequências para ambos que ela jamais poderia ter previsto.

Não é novidade que a escrita de Julia Quinn é deliciosa. Sua capacidade de mesclar momentos de diversão com situações apaixonadas é ímpar, bem como sua habilidade em criar personagens tão cativantes. Dessa maneira, mergulhei na leitura de Um Marido de Faz de Conta da mesma maneira que costumo fazer com seus demais livros e, mais uma vez, finalizei as páginas com uma prazerosa sensação de contentamento.

Entretanto, embora o livro seja tão delicioso quanto seus outros títulos, ele é também sutilmente diferente de seu antecessor, Uma Dama Fora dos Padrões, a começar pelo próprio contexto da trama. Ainda que ambos se passem no mesmo período histórico, o primeiro livro é centrado na Inglaterra, enquanto, no segundo, o cenário é deslocado para os EUA. Com isso, há uma enfoque ainda maior nos protagonistas, já que eles estão basicamente isolados de seus conterrâneos. Porém, a maior diferença em Um Marido de Faz de Conta está na própria atmosfera da leitura.

A história parte de uma mentira contada por Cecilia. Com isso, nos vemos dividindo com ela ao longo do livro o peso de tudo que ela esconde, com receio sobre o que poderia acontecer se Edward descobrisse a verdade. Assim, esse segundo volume acaba sendo menos divertido que o primeiro por sua considerável carga de angústia, ainda que ele seja tão envolvente quanto o anterior. Tanto Cecilia quanto Edward foram muito bem desenvolvidos pela autora e o romance entre eles é, no mínimo, encantador. Os protagonistas se conhecem a partir das cartas trocadas entre Cecilia e Thomas, de forma que ela e Edward se interessam um pelo outro sem nem mesmo se encontrarem pessoalmente e, quando isso acontece, são incapazes de conter a sensação de que já são antigos conhecidos. Como não suspirar nessas condições?

De modo geral, adorei mais essa leitura da série Os Rokesbys, que vem se mostrando tão deliciosa quanto Os Bridgertons. Julia Quinn acertou na dose do romantismo e incluiu pitadas bem colocadas de drama e expectativa, considerando-se que me surpreendi com o desfecho relacionado ao paradeiro de Thomas. No mais, mal posso aguardar pelo próximo volume da série!





Deixe o seu comentário

4 Respostas para "[Resenha] Um Marido de Faz de Conta – Julia Quinn"

Angela Cunha - 23, fevereiro 2019 às (05:43)

E lá vem Julia e toda sua majestade!
Amo as letras da autora e não teria como falar algo dela sem elogiar o jeito único com que ela desenha seus enredos.
Namoro os dois livros já tem um tempinho, mas ainda não tive oportunidade de conferir os livros, mas pretendo fazer isso em breve.
O jeito dela trazer não só a parte do romance, mas também os diálogos sempre bem humorados, os fatos até cotidianos é algo incrível.
As capas dos dois livros são lindíssimas!
Lerei!
Beijo

Anna Mendes - 23, fevereiro 2019 às (18:55)

Oi Aione!
Amei a resenha!! <3
Acho a capa desse livro tão linda!
Eu já tinha ficado muito curiosa para ler o primeiro volume dessa série, depois que li sua resenha. E agora fiquei ainda mais curiosa para embarcar nesse universo criado pela autora.
Gostei muito da premissa e achei bem legal essa troca de cenário.
Parece ser uma leitura divertida, leve, envolvente e emocionante.
Fiquei muito curiosa para fazer a leitura! 🙂
Bjos!

caroline - 28, fevereiro 2019 às (14:29)

Menina, amei sua resenha, apesar de não conhecer a escrita da autora você me deixou curiosíssima, ainda mais por essa ponta solta no final da resenha sobre a localização de Thomas, nem comecei a ler o livro e já estou afobada para descobrir.
Sei que todos dizem para não julgarmos o livro pela capa, mas que capas lindas os livros de ambas as séries da autora tem, já havia ficado encantada com a capa do “Uma dama fora do comum

Ana I. J. Mercury - 28, fevereiro 2019 às (21:47)

Já tô com ele e com o primeiro volume aqui em casa ansiosa pra ler!
A Cecilia parece ser muito engraçada e vai ficar bem presa por essa mentira pelo jeito.
Gostei do cenário de guerra, achei interessante.
E o Edward parece ser mais sapeca, tipo a Billie.
bjsss

Últimas Resenhas

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por