[Vídeo Resenha] Arquidata: a dama da espada e o segredo do medalhão — Raquel Cassiano | Minha Vida Literária
14

dez
2018

[Vídeo Resenha] Arquidata: a dama da espada e o segredo do medalhão — Raquel Cassiano

Arquidata: a dama da espada e o segredo do medalhão — Raquel Cassiano

Título: Arquidata: a dama da espada e o segredo do medalhão
Autor: Raquel Cassiano
Editora: Chiado
Número de Páginas: 334
Ano de Publicação: 2018
Skoob: Adicione
Compre: Raquel CassianoEditora Chiado

Gaia, pode-se dizer, não teve muita sorte na vida… Ainda criança, foi encontrada no mar sem nenhuma lembrança de quem era, de onde vinha ou de como chegara até ali. O nome que, supostamente era seu, estava num lenço encontrado em suas roupas, do qual ela nada sabia. Acabou sendo deixada em Aura, uma cidade pequena, mas muito inquieta. Enviada ao orfanato local, a menina sem memória tem de se adaptar as condições quase sub-humanas de sua nova vida atendendo aos desmandos da Senhora Oliver, a dona do lugar. Uma mulher que apesar do nome doce, era tão amarga quanto fel. Ranzinza, rude e mesquinha ela dedicava seus dias a fazer da vida dos internos um inferno. Gaia, como árvore no deserto, sobrevive ao descaso e amargura da velha senhora. Seu prêmio? Trabalhar, como criada, na escola de Vale Verde, a única da cidade. Lá, mais uma vez, ela se depara com humilhações e maus tratos, até que conhece Meredith Walorne, uma professora destemida e misteriosa que fará sua vida pacata e sem expectativas tomar um rumo inesperado.

RESENHA EM VÍDEO


 

RESENHA ESCRITA

Em Arquidata: a dama da espada e o segredo do medalhão, Raquel Cassiano mescla um universo fantástico a um clima histórico para narrar a história de Gaia e as muitas aventuras e injustiças que a cercam.

Gaia não se lembra do próprio passado. Encontrada no mar, a única pista sobre sua origem era um lenço em seu bolso, no qual estava bordado o nome “Gaia”. A jovem, então, é levada para o orfanato da cidade, onde as crianças sofrem nas mãos da proprietária, Senhora Oliver. E quando enfim completa 16 anos, sua situação não melhora, já que ela novamente é submetida a humilhações e maus tratos ao trabalhar como criada na escola da cidade. Porém, é lá que ela conhece a professora Meredith Walorne, capaz de dar um rumo inesperado a sua vida.

O universo de Arquidata: a dama da espada e o segredo do medalhão é amplo, o que já fica indicado nas primeiras páginas do livro ao nos depararmos com o narrador onisciente em terceira pessoa que nos apresenta a perspectiva de diferentes personagens até se “aproximar” da de Gaia. Embora seja a visão da protagonista a majoritariamente acompanhada ao longo do livro, ela não é exclusiva; ao contrário, ao sermos apresentados às perspectivas múltiplas, mais conhecemos do mundo de Arquidata e suas dimensões.

Na parte da história em que temos a infância de Gaia até sua chegada à escola, ficamos, como ela, limitados à cidade de Aura e às difíceis situações lá vividas. Nesse momento, a autora aproveita a trama para trabalhar questões como o abuso e a exploração infantil, e vai construindo as personagens de maneira a já indicar o que mais pode estar por detrás do enredo. Gaia, por exemplo, é uma criança que nitidamente se destaca por sua maneira de falar e por suas habilidades, o que deixa o leitor curioso para saber sobre suas origens. Ainda, é já aqui que notamos o quanto muitas das personagens terão papéis pontuais, indo e vindo no enredo e nos deixando com o coração na mão sobre seus destinos.

Quando, então, a história tem seus limites expandidos para além de Aura, o clima de aventura realmente começa e nos vemos em meio a um universo muito mais amplo e complexo. Novas cidades e personagens passam a surgir e pouco a pouco o leitor começa a fazer a conexão entre todas elas. Raquel Cassiano, ainda, consegue manter o suspense em meio ao clima de ação e guarda na manga revelações que são feitas mais ao final, provocando reviravoltas no enredo.

De modo geral, gostei da leitura de Arquidata: a dama da espada e o segredo do medalhão por ela ter sido bastante envolvente e repleta de acontecimentos. O final foi um tanto quanto abrupto e deixou pontas a serem explicadas, o que indica que esse pode ser o primeiro livro de uma série. Apesar de alguns problemas de revisão, a narrativa é bastante fluida e promove uma leitura não só agradável como também empolgante.





Deixe o seu comentário

3 Respostas para "[Vídeo Resenha] Arquidata: a dama da espada e o segredo do medalhão — Raquel Cassiano"

Angela Cunha - 15, dezembro 2018 às (07:09)

Confesso que não tinha nem visto este livro pelo mundo literário,mas como amo fantasia, adorei muito tudo que vi no vídeo!
E oh, é nacional né?rs Eu amo nossa literatura nacional.
E pelo que ouvi no canal, não é apenas a relação da vida difícil da protagonista,mas também todo o mistério que a envolve!
E eu gosto muito desta inclusão de diversos personagens importantes dentro do mesmo enredo!
A capa é maravilhosa e com certeza, quero muito conferir!
Beijo

Anna Mendes - 15, dezembro 2018 às (13:35)

Oi Aione! Amei a resenha!! <3
Que bonita a capa desse livro!
Gostei bastante da premissa! Adoro livros de fantasia e faz um tempo que não leio livros nesse estilo!
Fiquei muito curiosa para fazer a leitura e para conhecer a escrita da autora!
Já vou adicioná-lo na minha lista de desejados!! 🙂
Bjos!

Ana I. J. Mercury - 31, dezembro 2018 às (14:53)

Oi, Aione.
Não conhecia esse livro, nem a autora, mas achei ótima a premissa.
Parece bem interessante, adoro livros fantásticos, e essa mistura com romance histórico também é bem legal.
Vou querer ler sim!
bjs

Últimas Resenhas

Calendário de posts

dezembro 2018
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019

<div class="titulo desafio-fuxicando-sobre-chick-lits-2019"><h6>Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por