[Resenha] A Casa dos Novos Começos — Lucy Diamond | Minha Vida Literária
12

ago
2019

[Resenha] A Casa dos Novos Começos — Lucy Diamond

Título: A Casa dos Novos Começos
Título original: The House of New Beginnings
Autor: Lucy Diamond
Tradução: Viviane Diniz
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 320
Ano de Publicação: 2019
Skoob: Adicione
Compare e Compre: AmazonAmericanasSubmarino

Em uma casa elegante próxima à orla, três moradoras têm mais em comum do que imaginam…
Uma terrível descoberta leva Rosa a largar uma carreira de sucesso em Londres e, num impulso, recomeçar a vida como sous-chef em Brighton. O trabalho é árduo e estressante, mas a distrai. Bem, pelo menos até ela conhecer a adolescente emburrada que mora no apartamento ao lado, que a faz questionar suas escolhas.
Georgie se muda para o Sul com o namorado, Simon, atrás de uma incrível oportunidade… para a carreira dele. Mas ela está determinada a ser bem-sucedida como jornalista e faz de tudo para trabalhar para uma revista local. A princípio, a cidade parece recebê-la de braços abertos, mas não vai demorar muito até ela se meter em várias enrascadas.
Após uma grande tragédia, Charlotte passa as noites isolada em seu apartamento. Porém, Margot, uma senhorinha estilosa que mora no último andar, tem outros planos para ela. Querendo ou não, Charlotte vai precisar encarar o mundo real… e todas as suas possibilidades.
Quando as três se conhecem, a esperança renasce, a amizade floresce e um novo capítulo se inicia na vida dessas mulheres.

A Casa dos Novos Começos, de Lucy Diamond, é aquele típico livro que mistura muito bem elementos como leveza e diversão com histórias comoventes. Narrando a história de três diferentes mulheres, traz, em cada trajetória, a temática comum do recomeço.

Rosa largou sua bem sucedida carreira em Londres para virar sous-chef na cidadezinha de Brighton após uma terrível descoberta abalar sua vida por completo. Georgie, por sua vez, mudou-se para Brighton para acompanhar o namorado na nova oportunidade para a carreira dele, fazendo-a a aceitar um emprego como jornalista da revista local. Por fim, Charlotte vive isolada após ter passado por uma tragédia, o que a leva a conhecer Margot, uma senhora que mora na mesma casa de apartamentos que ela. As três personagens, moradoras do mesmo local, terão suas esperanças renovadas quando se conhecerem e ficarem amigas, fazendo com que suas histórias se entrelacem.

Em terceira pessoa, a escrita de Lucy Diamond se alterna em cada capítulo para se aproximar das diferentes protagonistas. Dessa maneira, a cada momento conhecemos um pouco mais das vidas de Rosa, Georgie e Charlotte, sendo que a autora cria certo suspense sobre os traumas que cada uma carrega, de forma a instigar a curiosidade do leitor para entender o que as levou até o ponto que se encontram em suas vidas. Apesar disso, a narrativa como um todo é bastante leve, sendo inclusive os momentos divertidos também mais suaves. A Casa dos Novos Começos não é uma leitura hilária, de arrancar gargalhadas, mas sim de provocar sorrisos mais comedidos. 

Sendo muito sincera, minha leitura inicial foi um tanto quanto lenta. Embora estivesse achando a narrativa gostosa, não havia conseguido, ainda, me conectar com as personagens e seus dramas. Porém, conforme fui avançando pelos capítulos, fui me sentindo cada vez mais ávida para entender seus conflitos antigos e desejando acompanhar o desenrolar dos novos. 

No fim das contas, eu me encantei pelas personagens e, em algum nível, me identifiquei com cada uma. Temas como amizade, coração partido, luto, capacidade de se reinventar e busca pela própria felicidade estão presentes em A Casa dos Novos Começos e não só adorei como as protagonistas lidam com eles como, principalmente, isso acontece a partir do contato que é estabelecido entre elas. É a força do apoio feminino que motiva essas mulheres e não pude deixar de me sentir abraçada pela leitura.

Assim, gostei muito mais da leitura de A Casa dos Novos Começos do que havia previsto nas primeiras páginas, tendo me emocionado e sorrido em inúmeras passagens. Se você procura uma leitura leve, despretensiosa e com uma mensagem de deixar o coração quentinho, dê uma chance à obra de Lucy Diamond.





Deixe o seu comentário

8 Respostas para "[Resenha] A Casa dos Novos Começos — Lucy Diamond"

Tereza Cristina Machado - 12, agosto 2019 às (17:14)

Acho incrível histórias com recomeços, acho que inspira. Mas fiquei assim com esse início arrastado🤔 eu sou a rainha de começar sempre as histórias arrastadas, eu só costumo achar graça nos livros do meio pro fim, até pq faz parte do início ser assim mesmo né?! Mas quando alguém já diz que começou arrastado eu já fico meio assim… mas vou deixar aqui essa dica com ressalva 🤣🤣🤣

Angela Cunha - 13, agosto 2019 às (07:49)

Estes dias acabei lendo uma resenha deste livro e me apaixonei pelo enredo. Acho que livros assim, mais leves, que trazem mulheres com histórias tão diferentes e ao mesmo tão iguais, acabam nos trazendo essa identificação, tá, nem que ela não seja tão momentânea, mas em algum momento, a mulher que há em nós abraça a mulher que está do outro lado. E acredito que por isso a autora trouxe estas três mulheres!
A capa deste livro é lindinha e com certeza, espero ler ele em breve!!!
Beijo

Scheila - 13, agosto 2019 às (08:34)

Eu me apaixonei por esse livro só de ler sua resenha!
Já tinha visto essa capa maravilhosa, mas não tinha lido nada sobre.. Amo histórias assim!
Eu já li diversos livros que também me sinto assim no incio, sem conexão com os personagens, com a história deles.. Mas depois, não dá vontade de parar de ler, né?!
Muito legal a autora trazer a força das mulheres assim.. Afinal, precisamos uma das outras sempre!
Irei comprar esse livro assim que possível hahaha.
Beijos! <3

Elizete Silva - 14, agosto 2019 às (13:26)

Olá! Ai que estou bem curiosa com essa história e não vejo a hora de ter a oportunidade de conferir tudo, confesso que a capa acabou me ganhando primeiro, assim que bati o olho já sabia que teria que ler (sem ao menos ter visto a sinopse) e para a minha alegria também fui fisgada pela história tão especial dessas três protagonistas, que podem até não me fazer dar gargalhadas, mas acho que os suspiros estarão garantidos.

Rayane B. de Sá - 14, agosto 2019 às (14:23)

Oiii ❤ A relação de amizade entre essas mulheres, parece ser linda. É muito importante ter pessoas em quem se apoiar, ainda mais quando as coisas não vão bem. Adorei o fato delas se ajudarem a superar o que as afligem.
Os temas que o livro trabalha também parecem pontos muito positivos sobre a leitura.
Espero que Charlotte, Georgie e Rosa possam superar seus problemas e serem felizes.
Gostei que é muito fácil se conectar com essas personagens, já que elas passam por muitas coisas que muitas mulheres reais também passam. Isso é o que mais me faz querer ler esse livro.
Bom saber que é um livro leve e que diverte, pois estou mesmo precisando de leituras nesse estilo.
Obrigada pela dica de leitura.
Beijos ❤

Anna Mendes - 15, agosto 2019 às (15:45)

Oi Aione!
Amei a resenha! Estava muito curiosa para saber um pouco mais sobre esse livro.
Gostei bastante da premissa. Como você comentou, parece ser uma leitura bem leve e gostosa de fazer.
O livro também parece deixar belas mensagens e a história como um todo parece ser inspiradora, ao mostrar os recomeços das personagens.
E achei a capa do livro uma graça! Hehe
Fiquei curiosa para fazer a leitura!! 🙂
Bjos!

Rayssa Bonai - 16, agosto 2019 às (23:46)

Olá! ♡ Esse livro é o tipo de leitura que estou precisando no momento, leve, divertida e despretensiosa.
Não vejo a hora de conhecer Rosa, Georgie e Charlotte e poder acompanhar a amizade nascer entre elas, quero muito conhecer cada uma das protagonistas e seus dramas.
O ponto forte do livro parece ser a força do apoio feminino, o laço que elas criam entre si.
A mensagem que o livro passa é tão bela, de que é sempre importante saber recomeçar e buscar pela própria felicidade.
De fato, parece uma leitura que aquece nosso coração e nos deixa com um sorriso no rosto ao terminar a leitura.
Obrigada pela indicação! Beijos! ♡

Mirian Kely - 17, agosto 2019 às (11:59)

Que capa delicadinha. Essa me parece uma história gostosa de ser lida, como eu gosto de recomeços. Saber como o livro aborda cada trauma e cada recomeço dos personagens me faz querer lê-lo. Prevejo muita emoção e sofrimento com a leitura, mas ja estou doida para saber um pouquinho mais sobre cada uma das três personagens.

Últimas Resenhas

Calendário de posts

agosto 2019
S T Q Q S S D
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019

<div class="titulo desafio-fuxicando-sobre-chick-lits-2019"><h6>Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por