[Resenha] Corte de asas e ruína - Sarah J. Maas | Minha Vida Literária
15

fev
2018

[Resenha] Corte de asas e ruína – Sarah J. Maas

Título: Corte de asas e ruína
Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 688
Data de Publicação: 2017
Skoob: Adicione
Compare e Compre: Amazon ♥ Americanas ♥ Saraiva ♥ Submarino

O terceiro volume da série best-seller Corte de Espinhos e Rosas, da mesma autora da saga Trono de Vidro. Em “Corte de Asas e Ruína” a guerra se aproxima, um conflito que promete devastar Prythian. Em meio à Corte Primaveril, num perigoso jogo de intrigas e mentiras, a Grã-Senhora da Corte Noturna esconde seu laço de parceria e sua verdadeira lealdade. Tamlin está fazendo acordos com o invasor, Jurian recuperou suas forças e as rainhas humanas prometem se alinhar aos desejos de Hybern em troca de imortalidade. Enquanto isso Feyre e seus amigos precisam aprender em quais Grãos-Senhores confiar, e procurar aliados nos mais improváveis lugares. Porém, a Quebradora da Maldição ainda tem uma ou duas cartas na manga antes que sua ilha queime.

Após o final eletrizante de Corte de Névoa e Fúria, não via a hora de realizar a leitura de Corte de Asas e Ruína, terceiro e último volume da trilogia Corte de Espinhos e Rosas, de Sarah J. Maas. A autora já anunciou para maio o lançamento nos EUA de A Court of Frost and Starlight, uma espécie de novela cujos acontecimentos se darão entre o final do último livro da trilogia e o início da nova série spin-off que ela escreverá a partir do universo de Corte de Espinhos e Rosas.

Não há como falar do enredo de Corte de Asas e Ruína sem trazer spoilers dos livros anteriores. Basta dizer que a situação aqui é a mais tensa possível: o mundo féerico está na iminência de uma guerra e Feyre e seus aliados precisarão, mais do que nunca, unir esforços e descobrir em quem podem confiar em cada uma das cortes.

Difícil dizer qual aspecto mais chama a atenção nas obras de Sarah J. Maas: sua escrita cativante e envolvente, a construção cuidadosa dos cenários, a trama engenhosa ou as personagens apaixonantes. A verdade é que todos esses aspectos estão presentes nos três livros da série, e em Corte de Asas e Ruína tudo é intensificado justamente por ser a finalização da trilogia.

O livro é dividido em três partes e, em minha experiência, a primeira e a última foram as que me proporcionaram um ritmo mais alucinado de leitura. Tanto o começo quanto o fim são recheados de adrenalina e momentos que nos fazem desejar prosseguir mais e mais. A segunda parte, por sua vez, é a que corresponde à maior parte do livro e foi também a que me proporcionou uma leitura mais lenta. É nela que se concentra o desenvolvimento do enredo, mais estratégico, mesmo que também contenha seus momentos de ação. Ainda assim, a leitura cativa porque o universo criado pela autora é incrível e é praticamente impossível não se render à fantasia por ela concebida. Sarah J. Maas dá atenção aos detalhes, o que permite a ótima construção do enredo, além das passagens como um todo serem muito facilmente visualizadas e sentidas. Sobretudo, há um clima de tensão que ronda a narrativa, justamente pela situação aqui retratada.

Algo que atrapalhou um pouco meu aproveitamento de Corte de Asas e Ruína foi ter lido Corte de Névoa e Fúria há muito tempo. Dessa maneira, já havia me esquecido de muitas particularidades da trama e não estava tão bem situada. Como a série é riquíssima em detalhes, o que mais recomendo é que os livros sejam lidos sem um espaço de tempo tão longo entre eles, para que as informações continuem presentes e frescas na memória.

Fazendo uma comparação entre os três volumes, meu favorito continua sendo o segundo, agora seguido pelo capítulo final. Mesmo que Corte de Asas e Ruína não tenha sido tão impactante quanto Corte de Névoa e Fúria foi para mim, ainda assim amei a leitura e me vi literalmente perdendo o fôlego em diversas passagens. O final, inclusive, me arrancou lágrimas e me manteve presa às páginas durante todo seu desenrolar, torcendo como nunca para um desfecho positivo.

Importante dizer que, embora esse seja o fim da trilogia, Sarah J. Maas deixou vários pontos abertos justamente para desenvolvê-los na próxima série spin-off que escreverá. Ainda assim, os conflitos principais gerados desde Corte de Espinhos e Rosas recebem aqui um desfecho.

Posso não ser uma fã de literatura fantástica, mas amo essa série e a recomendo sem pensar duas vezes. A trilogia Corte de Espinhos e Rosas não deixa nada a desejar no quesito fantasia e ação, sem deixar de proporcionar muito romance. “Intensidade”, talvez, seja uma boa palavra para definir os livros, que também se destacam pelo protagonismo feminino que Sarah J. Maas entrega e pelas temáticas por ela abordadas. Mesmo em meio ao cenário fantástico, a abordagem sobre relacionamentos é real e não se atém somente ao contexto por ela criado.





Deixe o seu comentário

7 Respostas para "[Resenha] Corte de asas e ruína – Sarah J. Maas"

Letícia Rodrigues - 15, fevereiro 2018 às (21:22)

Oi, Aione
Sou suspeita pra falar dessa série, pois adoro essa série, adoro os livros da Sarah J. Maas. E concordo com você o segundo livro é de longe o melhor, foram tantos momentos fantásticos, mas esse terceiro também tem momentos incríveis, e o final foi perfeito. O bom é que a série não acabou, super curiosa pra saber quem serão os protagonistas dos próximos livros.

ah, por pura coincidência, também fiz resenha desse livro, foi na Minha Maratona Literária de Carnaval 2018 “Às Avessas” :).

bjs
=^.^=
http://pordentrodolivro.blogspot.com.br/

Responder

Michelli Prado - 16, fevereiro 2018 às (09:12)

Olá Aione! Tudo bem?
Esta é uma série que ainda não iniciei, apesar de já ter o primeiro livro na estante, estou querendo adquirir todos, pois todo mundo me diz que é impossível não ler o primeiro e já querer devorar os outros, e tua resenha deixa claro isso também.E pela animação da tua resenha é bem verdade!Estou super na expectativa para a leitura!!

Responder

Giuliana Santos - 16, fevereiro 2018 às (12:44)

Gosto muito de fantasia. Confesso que nao li a resenha por causa dos spoilers já que ainda nao dei início a esta série, mas morro de vontade de começa-la! Bjs

Responder

RUDYNALVA CORREIA SOARES - 20, fevereiro 2018 às (21:37)

Aione!
Devo confessar que não li ainda nenhum dos livros da série, mas sempre leio resenhas e fico bem interessada por acompanhar a cida de Rhys e Feyre, além das outras personagens.
Desse último livro, essa é a primeira resenha que leio e fico bem feliz em saber que no enredo tem intrigas, traições, alianças improváveis, amizades, redenção, tudo que como leitor, queremos em um livro para nos prender.
Bom saber que terá mais um para complementar os amantes da série…
Uma semana abençoada!
“Acredite na justiça, mas não a que emana dos demais e sim na tua própria.” (Código Samurai)
cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

Responder

ROSA - 27, fevereiro 2018 às (15:46)

Aiii meu coração, estou no meio da leitura de Corte de asas e ruina e estou amando! Também não posso deixar de dizer que amo a outra série da Sarah J. maas TRONO DE VIDRO, nossa! Estou ansiosíssima para o lançamento do terceiro volume da série! Super indico!

Responder

Ana Carolina Venceslau Dos Santos - 27, fevereiro 2018 às (17:19)

Eu ainda estou no primeiro livro mas eu achei bem interessante a ideia do livro e eu tô apaixonada pela fantasia que a autora conseguiu Criar e com todo universo maravilhoso que foi abordado eu só espero que a história do livro não desande e pelo que eu vi foi publicado a capa do novo livro da série lá nos exterior

Responder

Ana I. J. Mercury - 28, fevereiro 2018 às (15:23)

Gostei muito da sua resenha, deu pra ver o quanto você amou o liivro e a trilogia.
Como ainda não li, não entendi algumas coisas, mas quero ler agora em março pelo menos o primeiro livro, sem falta!
Adoro as resenhas dessa trilogia, são sempre muito empolgantes e já faz tempo que não leio nenhuma série fantástica, já tô com saudades! rs
bjssss

Responder

Últimas Resenhas

Calendário de posts

fevereiro 2018
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  

Participo

<div class="titulo participo"><h6>Participo</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por