[Coluna da Mi Machado] Bibliotecas do Brasil - Lençóis Paulista/SP | Minha Vida Literária
07

fev
2014

[Coluna da Mi Machado] Bibliotecas do Brasil – Lençóis Paulista/SP

Bibliotecas do Brasil é a coluna na qual a Mi Machado apresenta as bibliotecas brasileiras para incentivar o uso delas pelos leitores!

A Biblioteca que vamos conhecer hoje é a Biblioteca Municipal ‘Orígenes Lessa’ de Lençóis Paulista.

A Biblioteca
A Biblioteca Municipal “Orígenes Lessa” foi criada por Zanderlite Duclerc Verçosa em 21 de Dezembro de 1961, funcionando provisoriamente em uma sala improvisada e emprestada no prédio do Ubirama Tênis Clube. Um prédio especialmente construído para abrigar a Biblioteca da cidade, de propriedade da Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista, oferecia um local próprio e adequado para acomodar o acervo, que crescia a cada campanha de doação encabeçada pelo então patrono e ilustre cidadão lençoense, o escritor Orígenes Lessa. No início, a Biblioteca possuía uma circulação de 20 pessoas por dia (entre adultos e estudantes de todas as escolas), e atendia aos 150 sócios permanentes, com um acervo de mais de 2.000 livros e funcionava de segunda a sexta-feira das 13h30 às 17h30, segundo o primeiro relatório de atividades.
Hoje, após enormes doações realizadas graças à campanha de Orígenes junto aos amigos escritores da Academia Brasileira de Letras (as chamadas Caravanas Literárias), e além das constantes doações da população e aquisição de novos livros, a BMOL tem em acervo informatizado até o momento, aproximadamente 100.000 livros, estes localizados somente na biblioteca central; ainda há cerca de outros 20.000 que estão divididos nas bibliotecas: Ramal I, Ramal II, Ramal II, Biblioteca Infantil e Espaço Cultural “Cidade do Livro”, o que totaliza aproximadamente 120.000 livros. A Biblioteca Municipal “Orígenes Lessa” atende em média 170 pessoas por dia, totalizando um atendimento anual de cerca de 36.000 usuários entre pesquisa local, retiradas de materiais e solicitações de pesquisa via internet.
A Biblioteca oferece um vasto acervo sobre assuntos diversificados, de interesse da população, lançamentos e uma ampla coleção de títulos da literatura brasileira. Possui seções especiais como a “Sala de Obras Autografadas” onde reúne obras com dedicatórias e autógrafos feitos por escritores ícones da literatura nacional e regional; “Museu Literário”, situado no piso superior, onde obras do começo do século XX estão disponíveis para o completo uso dos usuários; e “Seção de Obras de Referência”, com obras de consulta de vários gêneros e para várias finalidades (dicionários, mapas, guias e enciclopédias temáticas).
A BMOL oferece empréstimo domiciliar, sendo o prazo de 10 dias para o usuário ter posse da obra, podendo ser renovado por igual período dependendo da obra e procura do material. Oferece Exposições e um Boletim Eletrônico, informando os usuários e a comunidade sobre novas aquisições, ranking dos livros mais retirados e mantém um canal aberto para a publicação de sugestões de leituras enviadas pelos leitores.
Conta também com a “Feira do Troca-Troca”, ação reconhecida pelo Programa Nacional do Livro e da Leitura (PNLL) como um dos 50 projetos nacionais que melhor promovem o incentivo à leitura e democratização do acesso aos livros. É realizada periodicamente e troca com a comunidade obras que a biblioteca possui em excesso, mas que podem ser úteis para os cidadãos e, como moeda, os cidadãos podem trocar obras que tenham e estejam em desuso em casa.
A BMOL também desenvolve anualmente concursos literários (classe adulta ou infantil) e visita de escritores.
“Lençóis Paulista – Cidade do Livro”
O apoio de Orígenes Lessa sempre foi fundamental para o enriquecimento da Biblioteca. Graças a ele e a colaboração de muitos escritores, hoje, Lençóis se orgulha de possuir um dos maiores acervos Municipais, tanto que o cognome da cidade é “Cidade do Livro”.
O Decreto Executivo 50/84 de 22/09/84 institui o slogan “Lençóis Paulista – Cidade do Livro” pelo escritor, teatrólogo e médico Dr. Pedro Bloch, por haver em Lençóis um número superior de livros ao de habitantes.
Escritores que doam livros à Biblioteca recebem o nome de Rua em Lençóis Paulista. “Orígenes Lessa sempre vinculou com os escritores que quem doava muito tinha direito de ser AVENIDA, quem doava razoavelmente era RUA e, quem doasse pouco ou deixasse de doar, virava BECO”.
BIBLIOTECA MUNICIPAL “ORÍGENES LESSA”
Horário de Funcionamento: 8h00 às 20h00.
 • Possui acervo circulante adulto com cerca de 75.000 livros;
 • Obras de referência;
 • Discos, slides, fita cassete, selos, revistas, jornais, hemeroteca;
 • Sala infantil, com mais de 1.000 livros e brinquedoteca;
 • Museu Literário com obras raras, que foi inaugurado no dia 29 de janeiro de 1.983, instalando-se no piso superior da Biblioteca.
  • Endereço:
Praça Comend. José Zillo, s/n – Centro – CEP: 18681-025
Fone: [14] 3263-6522
E-mail: bmol@lencoispaulista.sp.gov.br
Alguns Títulos
Bibliotecas do Brasil – Catálogos Online
Você frequenta a biblioteca da sua cidade e gostaria de apresentá-la aos leitores? Me avise pelos comentários e terei o maior prazer em conversar com você!




Deixe o seu comentário

Uma resposta para "[Coluna da Mi Machado] Bibliotecas do Brasil – Lençóis Paulista/SP"

jeh2104 - 08, fevereiro 2014 às (21:46)

Não imaginava que Lençois Paulista tinha uma biblioteca tão interessante assim. Com acervos raros e tal… hehe subiu no meu conceito pelo simples fato de ter George Martin *-* hahah

Últimas Resenhas

Calendário de posts

fevereiro 2014
S T Q Q S S D
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  

Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019

<div class="titulo desafio-fuxicando-sobre-chick-lits-2019"><h6>Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2019</h6></div>

Minha Vida Literária • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por